Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Duplas brasileiras masculinas começam bem na etapa de Xangai

Nesta quinta-feira, no primeiro dia do torneio principal masculino do Grand Slam de Xangai, as duplas brasileiras começaram a competição, que faz parte do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, com o pé direito. As duplas Alison/Emanuel, Ricardo/Pedro Cunha e Benjamin/Bruno Schmidt venceram suas duas partidas e avançaram para a segunda fase. Já Márcio e Pedro Solberg ganharam uma e perderam uma.

Mesmo há um tempo sem jogar, Alison e Emanuel não sentiram a falta de ritmo de competição e ganharam dos holandeses Stiekema e Varenhorst com parciais de 21/18 e 21/19. No segundo duelo, os brasileiros superaram os noruegueses Skarlund e Spinnangr também sem perder sets, com 21/18 e 21/12. O próximo compromisso da dupla será contra os italianos Lupo e Nicolai, fechando o grupo K.

Na chave M, Ricardo e Pedro Cunha deram prosseguimento à boa campanha no ano, que já rendeu um terceiro lugar em Brasília (DF) e um campeonato na Polônia. No primeiro embate do dia, vitórias sobre os norte-americanos Keenan e Mayer, com 2 sets a 1 (21/19, 19/21 e 15/10). Em seguida, foi a vez de a dupla derrotar os letões Plavins e Smedins, com parciais de 21/15, 19/21 e 15/11. Na terceira rodada, os adversários serão os tchecos Benes e Kubala.

‘Estávamos preocupados, pois jogamos as duas primeiras etapas até o último dia de competição e fizemos viagens longas para chegar até Xangai. Viemos para ver como suportaríamos o primeiro dia e tivemos alguns momentos difíceis, mas voltamos a jogar o nosso melhor’, revelou Pedro Cunha.

O grupo N teve, logo no primeiro duelo, em confronto entre brasileiros, com Benjamin e Bruno Schmidt, classificados do country-cota, de um lado da quadra e Márcio e Pedro Solberg no outro. Benjamin e Bruno saíram vitoriosos, com 21/16, 17/21 e 16/14.

Nos últimos jogos das duas duplas, Benjamin e Bruno Schmidt derrotaram os suíços Heyer e Chevallier, com parciais de 21/18 e 21/17, e Márcio e Pedro ganharam dos holandeses Brouwer e Meeuwsen, com 23/21 e 21/17. Na próxima rodada, Benjamin e Bruno duelam contra a dupla da Holanda pelo primeiro lugar do grupo. Já Márcio e Pedro Solberg precisam de uma vitória sobre os suíços para se classificar.