Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dorival esconde o time e descarta Inter defensivo diante do Flu

Como tem sido praxe nas últimas semanas, o técnico Dorival Júnior fechou os portões do treinamento realizado pelo elenco do Internacional na manhã desta terça-feira. Nem mesmo na entrevista coletiva concedida após a atividade o comandante colorado deu pistas de qual será a equipe que começará a partida desta quarta, contra o Fluminense, pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América.

‘No momento, não falarei de escalação. Temos alguns jogadores que estão voltando. É um jogo que será decidido nos pequenos detalhes. Tudo é importante’, entende o treinador colorado, que prevê equilíbrio no jogo de quinta-feira: ‘tenho certeza de que existe um respeito mútuo. Não vamos para o Rio de Janeiro como franco-atiradores. As duas equipes vão procurar o gol’, projetou.

As principais voltas ao time serão as de Dátolo e Dagoberto, recuperados de lesão. O curioso é que dificilmente ambos começarão a partida. Afinal, o esquema que tem dado certo conta uma trinca de volantes (Guiñazu, Sandro Silva e Tinga) e dois articuladores, além de Leandro Damião na frente. O maior ritmo de jogo deve pesar a favor de Dátolo, que é o favorito para começar, ao lado de Oscar, no setor criativo.

O outro meia argentino do elenco, D’Alessandro, sequer viajou com a delegação para o Rio de Janeiro. A previsão é de que ele volte a treinar normalmente ainda nesta semana e retorne ao time na decisão do Campeonato Gaúcho, domingo, contra o Caxias

O Inter deve encarar o Fluminense com Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Fabrício; Sandro Silva, Guiñazu, Tinga, Dátolo e Oscar; Leandro Damião. Viajaram também para a Cidade Maravilhosa o goleiro Renan, o zagueiro Bolívar, os volantes Bolatti e Elton, os meias Jajá e João Paulo e os atacantes Dagoberto, Marcos Aurélio e Jô. O jogo de quinta-feira começa às 21h50, horário de Brasília.