Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Djokovic supera a morte do avô e avança às quartas em Monte Carlo

Superando a notícia da morte de seu avô, recebida momentos antes de sua partida nas oitavas de final do Masters 1000 de Monte Carlo, Novac Djokovic derrotou o ucraniano Alexandr Dolgopolov por 2 sets a 1, de virada, e avançou às quartas de final do torneio.

Djokovic soube da morte do avô, Vladimir, já nas quadras de Monte Carlo, no treinamento matinal. Mesmo abandonando os treinos, o sérvio voltou para a partida contra Dolgopolov. Abalado com a perda, Djokovic errou muito e não fez bom primeiro set. Depois de perder a chance de empatar no sexto game, o sérvio deixou seu oponente vencer os dois últimos games e fechar o set em 6/2.No segundo set, porém, Djokovic conseguiu sua primeira quebra de saque na partida e logo abriu 2/0. No terceiro game, o número 1 do mundo reverteu um 0/40 e abriu 3/0, confirmando a reação. A vantagem devolveu a confiança a Nole, que passou a não mais errar e fechou o set em 6/1.

Apesar da boa exibição no segundo set, Djokovic teve de superar o ímpeto de Dolgopolov, que passou a equilibrar mais a partida. Nole, porém, conseguiu quebrar o saque no nono game, quando a partida estava empatada em 4/4, e fechou o jogo no game seguinte, quando alcançou 6/4.

Após o ponto final e o cumprimento ao adversário, Djokovic não segurou o choro. Emocionado, enxugou os olhos e apontou para o céu, dedicando a vitória a seu avô e levando toda a quadra a aplaudi-lo de pé. O número 1 enfrenta agora Robin Haase, que despachou o brasileiro Thomaz Belucci, pelas quartas de final do Masters 1000 de Monte Carlo.