Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dirigentes brasileiros fazem ‘reunião histórica’ com a Fifa em Zurique

O ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, e representantes do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014 se reuniram com altos dirigentes da Fifa, inclusive o polêmico secretário-geral Jerôme Valke, nesta terça-feira, em Zurique, em um encontro que o presidente da entidade classificou como “histórico”.

“Hoje é um dia histórico. O governo brasileiro mostrou na reunião seu claro compromisso conosco e sua convicção de que esta será a melhor Copa do Mundo já realizada. Estabelecemos os fundamentos de uma cooperação baseada na confiança mútua”, afirmou Blatter num comunicado.

O ministro Aldo Rebelo também se mostrou muito satisfeito com o encontro.

“O governo brasileiro não está apenas orgulhoso, como também entusiasmado e decidido a cumprir todos os nossos compromissos para a Copa do Mundo de 2014. Além disso, apoiaremos a Fifa e o Comitê Organizador Local (COL) no que for necessário”, declarou.

“Hoje, queríamos mais solidariedade entre todos os responsáveis pela organização do Mundial e cumprimos esta missão. A Fifa e o governo pode contar com o governo brasileiro porque sabe ele honra seus compromissos. Trabalharemos juntos sem perder um segundo sequer para organizar um torneio inesquecível”.

Além de Aldo Rebelo, o Ministério dos Esportes foi representado pelo secretário executivo Luis Fernandes e pelo assessor Luis Paulino. A delegação brasileira também contou com a presença dos três membros do conselho de administração do COL: o presidente da CBF, José Maria Marín e os ex-craques Ronaldo e Bebeto.

Já do lado da Fifa participou do encontro o secretário-geral Jérôme Valcke, que desencadeou uma grande polêmica em março ao declarar que o Brasil precisava levar um “chute no traseiro” para acelerar na organização da Copa.

O brasileiro Marco Polo Del Nero, que substituiu o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira no Comitê executivo da Fifa, também estava presente.

Durante a reunião, que durou mais de cinco horas, diversos temas foram abordados e um plano foi estabelecido para implementar medidas que possam garantir a eficiência da organização do evento.

Também foi decidida a realização de relatórios muitos detalhados pelas três partes (governo, COL e Fifa) para analisar todos os aspectos dos preparativos, tanto para a construção dos estádios quanto para a infraestrutura.

Luis Fernandes foi nomeado representante do governo no COL, no qual Del Nero também foi incluído.

As três partes decidiram que irão se reunir dentro de seis em seis semanas para colocar em dia todos os assuntos.

O próximo encontro está marcado para o fim do mês junho, no Brasil, quando será realizada uma reunião do COL.