Clique e assine a partir de 9,90/mês

Direção da corrida tenta explicar morte de Simoncelli

Por Da Redação - 23 out 2011, 11h49

Horas depois do acidente que vitimou o piloto italiano Marco Simoncelli, neste domingo, no circuito de Sepang, durante a etapa da Malásia da MotoGP, a direção da prova e o médico Michele Macchiagodena se reuniram em uma coletiva de imprensa para tentar explicar as causas da morte.

‘Ele sofreu um traumatismo muito grave na cabeça, no pescoço e no peito. Quando nossa equipe médica chegou ao local, ele já estava inconsciente’, começou Macchiagodena. ‘Na ambulância, houve uma parada cardíaca e iniciamos as tentativas de reanimação’, acrescentou.

O médico explicou que as tentativas continuaram ao longo de 45 minutos até que os responsáveis concluíram que não havia mais nada a ser feito. O anúncio da morte do piloto foi feito às 6h56, de Brasília.

Sobre a saída do capacete no momento do choque, Paul Butler não soube explicar. ‘Se puder responder, será em outra ocasião. As circunstâncias do acidente serão longamente investigadas’, declarou.

Continua após a publicidade

Colin Edwards, que se envolveu no acidente, junto com Valentino Rossi, teve o ombro deslocado, mas foi atendido e passa bem.

Publicidade