Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Diego Souza parabeniza Cássio por defesa que eliminou o Vasco

Por Da Redação 24 Maio 2012, 00h37

O marcador do Pacaembu apontava 17 minutos do segundo tempo e o placar continuava zerado. O Corinthians tinha a chance de finalizar com Alessandro, mas a presença de um defensor vascaíno rebateu a bola para os pés de Diego Souza. O meia, que aguardava na intermediária, partiu em velocidade, livre de marcação, e ficou cara a cara com Cássio. Na conclusão, um toque salvador do goleiro impediu o gol cruz-maltino na partida.

O lance poderia ser mais um em meio as chances desperdiçadas pelos dois clubes ao longo dos 180 minutos de decisão nas quartas de final da Libertadores. No entanto, o próprio Diego Souza não encara a defesa efetuada por Cássio como uma mera participação do arqueiro na partida. Para o camisa 10 do Vasco, o lance foi decisivo para que a equipe carioca perdesse fôlego no restante do confronto e sucumbisse aos 42 minutos, quando Paulinho subiu sozinho para selar a classificação corintiana com um gol de cabeça.

‘Eu tive a chance do jogo nos meus pés. Eu escolhi a melhor opção que achei na hora, tirei bem do goleiro, mas ele conseguir dar um toquinho na hora e acabou salvando o jogo’, lamentou o meia, que também procurou valorizar o rendimento de sua equipe durante todo o duelo desta quarta-feira.

‘Mesmo com a derrota, a equipe está de parabéns pela determinação. Nós não tivemos só essa chance que eu perdi. Conseguimos criar boas oportunidades, inclusive a minha, mas infelizmente tomamos o gol e acabamos eliminados’, encerrou o cabisbaixo jogador.

Fora do torneio continental, o Vasco agora voltará todas as suas atenções para a disputa do Campeonato Brasileiro. O clube considera a conquista do título nacional o principal meio de apagar a decepção do torcedor carioca com os seguidos fracassos do segundo semestre de 2011 e do início da temporada deste ano.

Continua após a publicidade
Publicidade