Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Destaque, Marcos Assunção prevê clássico ‘muito difícil’

Por Da Redação 22 mar 2012, 11h50

Por AE

Jundiaí – Principal destaque da vitória do Palmeiras sobre o Coruripe, por 3 a 0, na noite da última quarta-feira, em Jundiaí, que fez o time avançar à segunda fase da Copa do Brasil, o volante Marcos Assunção evitou se vangloriar por sua atuação e mostrou já estar preocupado com o clássico deste domingo, contra o Corinthians, às 16 horas, no Pacaembu, pela 15.ª rodada do Campeonato Paulista.

Assunção fez um belo gol de falta e deu uma assistência para Barcos ampliar o placar para 2 a 0 no confronto diante do adversário alagoano, mas conteve a euforia, pois espera por um duelo complicado diante do arquirrival pela competição estadual. “Apesar do resultado de hoje (quarta) ter sito muito bom, amanhã (quinta) já estaremos pensando no clássico e na sexta e no sábado iremos treinar, pois dia 25 (domingo) teremos um jogo muito difícil”, ressaltou.

O volante ainda mostrou a habitual humildade ao falar sobre o papel decisivo que vem desempenhando com a camisa palmeirense, com a qual se tornou a principal referência do time hoje nas jogadas de bola parada e nos passes. Ele reafirmou que o mais importante é todo o time conseguir atingir os seus objetivos. “Após o primeiro gol ficou mais fácil, porque eles (do Coruripe) tiveram que partir para o ataque e abriram mais o jogo. Quanto à minha trajetória no Palmeiras, eu tento ser o melhor aqui dentro, tento ajudar, não tento fazer as coisas para ser o melhor do mundo, e sim para o Palmeiras conquistar o que almejamos, que são os títulos”, enfatizou.

Já ao comentar mais especificamente o seu gol de falta na última quarta-feira, Assunção explicou que procura alternar a forma de fazer as cobranças para não se tornar previsível para os goleiros. “Tem dias em que eu bato por baixo e tem dias em que eu bato por cima. É bom variar, porque o goleiro tem que ter a dúvida do lugar no qual vou bater”, revelou.

Continua após a publicidade

Publicidade