Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Desgastado, Djokovic sofre, mas bate Berdych na estreia do Finals

Visivelmente extenuado por conta da temporada vitoriosa, Novak Djokovic sofreu para derrotar, nesta segunda-feira, o tcheco Tomas Berdych na primeira rodada do ATP Finals. O confronto, válido pelo Grupo A, terminou em 2 sets a 1, parciais de 3/6, 6/3 e 7/6 (7-3). O torneio, sediado em Londres, reúne os oito melhores do ano.

O sérvio volta à quadra na quarta-feira, quando terá pela frente o espanhol David Ferrer, que superou também nesta segunda o anfitrião Andy Murray por 2 a 0, parciais de 6/4 e 7/5.

Antes do início da competição, Djokovic confirmou que a lesão no ombro, a que o fez abandonar as quartas de final do Masters de Paris, estava curada. Bem fisicamente ou não, o sérvio ficou longe de ser o tenista do primeiro semestre no primeiro set.

Irreconhecível, Nole viu Berdych abrir 4 games a 0 logo de cara. Na sequência, o atual número um do mundo até que reagiu, mas não evitou o revés na primeira parcial: 6 a 3.

O baque foi sentido. Isto porque no set seguinte, a postura foi outra. Djokovic voltou mais firme e conseguiu encaixar bons golpes. Com as rédeas do duelo, fez 3 a 0 e, por fim, só administrou para devolver o 6/3 e obrigar a realização do tie break.

Ao contrário dos dois primeiros setis, o de desempate começou equilibrado. Os tenistas alternaram confirmações de serviços até o sexto game, quando Berdych aumentou a carga e quebrou o saque de Djoko: 4 a 2.

Mas o sérvio não aliviou e devolveu a quebra na sequência. Desta forma, o confronto voltou a ficar parelho e só foi decidido no tie break. Na hora da decisão, a categoria de Djoko prevaleceu. Vitória na estreia, mesmo cansado.