Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Derley quer permanecer no Náutico, mas depende de decisão do Inter

Peça fundamental na campanha do Náutico na Série B do Campeonato Brasileiro deste ano, que garantiu o retorno da equipe à elite do futebol nacional, o volante Derley já manifestou vontade de permanecer no clube na próxima temporada.

Entretanto, para que este desejo, dividido pelo jogador e pelo Timbu, seja realizado, o Internacional precisa concordar em prorrogar o contrato de empréstimo do volante. A diretoria colorada já declarou que só se manifestará sobre o assunto após o encerramento da Série A do Brasileirão.

‘Eu quero muito continuar no Náutico. O problema é que não depende só de mim. Quem vai definir o meu futuro é o Internacional. Mas se depender de mim, eu continuo no clube’, garantiu Derley.Apesar de atuar no setor defensivo, Derley foi o vice-artilheiro do Náutico na Segunda Divisão deste ano, com sete gols marcados, atrás apenas do artilheiro da competição Kieza, que balançou as redes adversárias em 21 oportunidades.

‘Normalmente são os atacantes que ficam na artilharia. Mas o professor Waldemar (Lemos) sempre nos deu liberdade para atacar. Por isso consegui fazer os gols. Este ano voltamos à elite do futebol e fizemos história no clube. Espero que 2012 seja um ano melhor ainda’, declarou.

Derley vestiu a camisa do alvirrubro pernambucano pela primeira vez em 2008, e após um ano e meio de empréstimo retornou ao internacional, em 2010. Com a chegada do técnico Abel Braga ao Colorado, o volante perdeu espaço e foi emprestado novamente ao Timbu, em 2011. O contrato de Derley com o Inter tem validade até o final de 2013.