Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

David Beckham não integrará elenco do Paris Saint-Germain

Por Da Redação - 3 jan 2012, 10h30

Paris, 3 jan (EFE).- O meia inglês David Beckham não irá atuar no Paris Saint-Germain por ‘motivos familiares’, informou nesta terça-feira o diretor esportivo do clube, o brasileiro Leonardo, na concentração da equipe em Doha.

‘Sim, terminou (a negociação)’, comentou o brasileiro, quem acrescentou que ‘é uma pena’ porque o jogador ‘gostaria de vir para Paris, mas o bem-estar de sua família em Los Angeles e a vontade de não mudar tudo em sua vida pesou (na decisão)’.

O anúncio oficial de que o jogador de 36 não irá se juntar ao time francês pôs fim a uma novela que começou em setembro, quando o próprio Leonardo levantou a possibilidade de recrutar o ex-atleta Manchester United e do Real Madrid.

Beckham terminou o contrato com o Los Angeles Galaxy no fim do ano passado e o dinheiro catariano dos novos donos do Paris Saint-Germain, que aplicaram mais de 85 milhões de euros em contratações na janela do verão (do hemisfério norte), tornava possível trazer um jogador com o ‘glamour’ do inglês ao clube.

Publicidade

A imprensa francesa chegou a publicar o que seria o salário do marido da ‘Spice Girl’ Victoria, em torno de 800 mil euros brutos por mês, um valor polêmico na França, um país pouco habituado a pagar rendimentos semelhantes aos jogadores.

Na semana passada, durante a apresentação do novo técnico do Paris Saint-Germain, o italiano Carlo Ancelotti, o responsável esportivo do clube não fechou em definitivo a porta para a cobiçada contratação de Beckham, mas admitiu a dificuldade.

Conforme o jornal ‘L’Équipe’, o inglês poderia prolongar seu contrato com o Los Angeles Galaxy com o objetivo de conseguir uma vaga para os Jogos Olímpicos de Londres neste ano, sua prioridade para 2012.

‘Sempre disse que sua família seria seu critério prioritário para decidir seu futuro ao fim de seu contrato. É preciso admitir: sua mulher, seus filhos e ele mesmo adoram sua vida em Los Angeles’, assinala ‘L’Équipe’, citando uma fonte próxima do caso.

Publicidade

Segundo ‘Le Monde’, a meta agora é a contratação do brasileiro do Milan Alexandre Pato, de 22 anos, compra que entusiasma menos o departamento de marketing do clube, mas é considerada uma prioridade para Ancelotti.

A imprensa francesa cogita a possibilidade de que o Paris Saint-Germain desembolse 50 milhões de euros pelo jogador, dinheiro que o clube italiano poderia utilizar para contratar também o argentino Carlitos Tévez e o italiano Mario Balotelli, ambos no elenco do Manchester City.

Enquanto isso, o Paris Saint-Germain e o Milan farão um amistoso em Doha antes de retornar à Europa para retomar as competições. EFE

Publicidade