Clique e assine a partir de 9,90/mês

Daniel Carvalho revela inspiração em Sampaio e Galeano

Por Da Redação - 9 jul 2012, 17h30

Por AE

São Paulo – O Palmeiras pode voltar a ter um grupo campeão nacional depois de 12 anos nesta quarta-feira, quando enfrenta o Coritiba, no Couto Pereira, na final da Copa do Brasil. E a inspiração para alcançar esse feito vem de dentro do próprio clube, da convivência com campeões de outros tempos.

“Sabemos que o clube tem a necessidade de um título nacional. O jogador é lembrado por títulos, por conquistas. Todo mundo quer ficar marcado na história. Todos nós vemos no vestiário fotos da época do César Sampaio e ficamos pensando: �Por que não, no futuro, ter uma foto nossa ali?�”, revela Daniel Carvalho, que vai ser titular do time na final, substituindo Valdivia.

César Sampaio não é um ídolo que os palmeirenses veem apenas em fotos. Ele segue no dia-a-dia do clube, agora como gerente de futebol, e, junto com o coordenador técnico Galeano, ajuda a passar experiência para os jogadores alviverdes.

Continua após a publicidade

“O César Sampaio já foi jogador, sabe lidar com o grupo. Ele e o Galeano são experientes, já participaram de finais, então é muito mais tranquilo. Sábado à noite, o Sampaio me ligou para saber se estava tudo certo comigo. São pessoas que pensam um pouquinho diferente. A gente tem de ficar feliz pela comissão e pela diretoria que temos”, destacou o meia.

Nesta quarta, Daniel Carvalho, jogador de 29 anos e passagens pela seleção brasileira, vai atrás de um feito inédito na carreira: um título no futebol nacional.

“Eu só tenho uma Sul-Americana com o Inter. Vou dar o meu máximo. A gente sabe o quanto é bom ser campeão e comemorar. Vai ser muito gratificante sair de lá (Curitiba) com uma conquista e ver na quinta-feira todo mundo alegre”, disse Daniel Carvalho, preocupado com a torcida, mas também com o bolso. “Além da garantia profissional com um contrato ou uma valorização, a maior alegria é ver o torcedor depois de anos comemorando um título.”

Publicidade