Clique e assine a partir de 9,90/mês

D. Carvalho aprova concentração antecipada: Senão só como bobagem

Por Da Redação - Atualizado em 19 jul 2016, 13h45 - Publicado em 9 jul 2012, 14h43

Provável titular do Palmeiras nesta quarta-feira, na decisão da Copa do Brasil, Daniel Carvalho distribuiu sorrisos na Academia de Futebol. Nem o fato de o técnico Luiz Felipe Scolari ter antecipado a concentração alterou o bom-humor do jogador, encarregado de substituir o suspenso Valdivia em Curitiba.

‘A maioria dos jogadores tem filho pequeno, aí tem dificuldade para dormir e o descanso fica prejudicado. Fora a parte da alimentação. Eu moro sozinho, então só me alimento com bobagem, na concentração tem a nutricionista para nos ajudar’, revelou Daniel Carvalho, logo arrependido do que falou. ‘Agora vocês (jornalistas) vão me complicar, não é?’, riu.

Além de antecipar a concentração para esta segunda-feira, Felipão também decidiu fechar para a imprensa o treinamento desta terça, a exemplo do que fez na semana passada, antes de o Palmeiras vencer o Coritiba por 2 a 0 na Arena Barueri. ‘É importante para que a gente treine alguma jogada diferente e possa surpreender no jogo’, defendeu o zagueiro Henrique.

Felipão também usará o último apronto para definir o time. Com os desfalques dos titulares Valdivia e Barcos, o treinador precisa pensar em nova solução para o setor ofensivo. Luan, de volta aos treinamentos, pode ser opção, assim como Betinho. Atrás, por outro lado, Henrique retorna de suspensão e ocupa o lugar de Márcio Araújo, à frente de Thiago Heleno e Maurício Ramos.

Continua após a publicidade

‘O Felipão não trabalha só com 11 jogadores, e sim com um grupo. Prova disso é que o Betinho foi um dos mais importantes no último jogo, fazendo seu papel na frente e ajudando na marcação. O Barocs está fora, o Valdivia também, o Maikon Leite ninguém sabe, mas quem entrar vai dar conta do recado’, apostou Daniel Carvalho.

O Palmeiras volta a treinar na tarde desta terça-feira e depois embarca para Curitiba. A partida contra o Coxa está marcada para as 21h50 (de Brasília), no Couto Pereira.

Publicidade