Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cuca elogia atuação do Atlético-MG e reclama de árbitro

Por AE

Sete Lagoas – O técnico Cuca ficou satisfeito com a atuação do Atlético-MG diante do Flamengo, no empate por 1 a 1, na última quarta-feira. Apesar de não ter conseguido a vitória em casa e ter permanecido na zona do rebaixamento, com 25 pontos, na 17ª colocação, a equipe foi elogiada pelo treinador, que afirmou: “Fizemos um jogo passível de vitória”.

“Não vencemos, mas poderíamos ter vencido uma equipe muito qualificada e que, até ontem, era uma das líderes da competição. Então, a gente tem que saber que não é de todo ruim. Embora não tenhamos conseguido a vitória, somamos um ponto que pode ser importante lá na frente”, avaliou.

A única reclamação de Cuca foi em relação à arbitragem. O treinador atleticano não gostou de um suposto tratamento diferenciado dado a Ronaldinho Gaúcho, do Flamengo. Na avaliação de Cuca, o meia deveria ter levado o cartão vermelho por conta de uma falta dura em Pierre no segundo tempo.

Para o técnico, faltou critérios para o árbitro Paulo César Oliveira, que expulsou Serginho nos minutos finais da partida. “Não pode dar um cartão amarelo para o Serginho porque o Ronaldinho chutou a bola em cima dele e ser o mesmo peso por um carrinho por trás igual o Pierre levou do Ronaldinho. Aquilo é lance para vermelho e aí a gente ficaria com um jogador a mais durante 25 minutos. Ele tinha que aplicar a regra e não aplicou. Independente de quem seja, tem que tomar o cartão. No final, acabamos com um a menos porque ele aplicou a regra”, comparou.