Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cristóvão encaminha time para jogo contra Corinthians na Liberta

O técnico do Vasco, Cristóvão Borges, comandou um coletivo na manhã desta segunda-feira e começou a encaminhar a equipe para a partida da próxima quarta, às 21h50 (de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), contra o Corinthians, pelo confronto de ida das quartas de final da Copa Libertadores da América. O treinador deixou claro que pretende manter o volante Nilton entre os titulares, o que confirma a barração de Fellipe Bastos, outro considerado fundamental ao Cruz-maltino.

Nilton teve atuação destacada na semana passada, marcando o gol na derrota de 2 a 1 para o Lanús, na Argentina, pelas oitavas de final. A única dúvida fica por conta de quem será titular contra o Corinthians: Felipe ou Juninho Pernambucano. O primeiro treinou na equipe principal nesta segunda, mas porque o Reizinho ficou fazendo trabalho de reforço muscular na academia.

No coletivo os titulares se formaram com Fernando Prass; Fagner, Renato Silva, Rodolfo e Thiago Feltri; Rômulo, Nilton, Felipe e Diego Souza; Éder Luís e Alecsandro. O rendimento, porém, esteve muito longe de agradar Cristóvão, que por várias vezes interrompeu a atividade, corrigiu o posicionamento do time e se irritou com a facilidade com que os reservas assustavam em jogadas aéreas e de bola parada. Essa preocupação se torna ainda maior porque o treinador do Vasco vê nisto pontos fortes do Corinthians.

‘Não podemos facilitar as coisas para o Corinthians, pois o time deles é muito bem armado e pode acabar ganhando o jogo em um simples vacilo de nossa parte’, afirmou Cristóvão, que teve opinião compartilhada pelo zagueiro Renato Silva.

‘O Corinthians é forte na bola aérea e na bola parada e realmente temos que nos preocupar. Será um jogo muito equilibrado, com poucas oportunidades para os dois lados e não podemos deixar que eles tenham mais chances. Temos que saber matar o jogo e errar o menos possível, ou a classificação ficará complicada’, disse Renato Silva.

A irritação de Cristóvão foi até o fim da atividade, pois os reservas ganharam por 2 a 1, com gols do lateral Max e do zagueiro Douglas. Éder Luís descontou para os titulares. De positivo, apenas o fato de o meia Carlos Alberto, que participou normalmente do treino entre os suplentes, mostrar que está totalmente recuperado de um pequeno edema na coxa esquerda. O atleta ficará no banco contra o Timão. Nesta terça-feira o elenco participará de um recreativo pela manhã e depois começará o período de concentração.