Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Craque do Santos minimiza derrota e destaca permanência no G4

Batido pelo Sport de Recife, por 1 a 0, Santos perde a chance de assumir a terceira posição no Brasileirão

O meia Lucas Lima minimizou a derrota do Santos por 1 a 0 para o Sport neste sábado, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, pela 27.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na opinião do jogador, o time alvinegro fez uma boa partida e continua entre os quatro melhores da competição.

“Tivemos muitas chances, entramos abaixo do normal. Lutamos, mesmo com a expulsão, continuamos tentando. Estamos no G4, temos muito a conquistar ainda”, disse o meia. O time alvinegro é o atual quarto colocado e tem quatro pontos de vantagem sobre o Corinthians, que está em quinto e jogará neste domingo contra o Fluminense, no estádio Itaquerão, em São Paulo.

Lucas Lima também lembrou que o Santos atuou com um a menos desde os 27 minutos do segundo tempo. Elano, que havia entrado aos cinco minutos da etapa final, levou o cartão amarelo e, na sequência, o vermelho, ambos por reclamação. Mesmo assim, a equipe visitante poderia ter saído de campo com o empate, caso o árbitro goiano Elmo Alves Resende Cunha tivesse interpretado pênalti um lance polêmico.

Aos dois minutos do segundo tempo, Jean Mota chutou e o zagueiro Ronaldo Alves se jogou na bola para evitar o gol. Os jogadores santistas reclamaram que a bola bateu no braço do zagueiro. O zagueiro do Sport negou que tenha cometido a infração. “A gente precisava dessa vitória. No lance, a bola tocou embaixo do meu braço, mas não foi pênalti”, disse ao sair do gramado.

(Estadão Conteúdo)