Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Coxa volta a jogar mal e perde para o ASA-AL

Para quem queria eliminar o jogo de volta, o Coritiba não foi nada bem em Arapiraca e perdeu para o ASA-AL por 1 a 0, Estádio Coaracy Fonseca, no primeiro jogo da segunda fase da Copa do Brasil 2012. Com isso, os alagoanos vão para a capital paranaense precisando de um empate para seguir na competição.

Empurrado pelos torcedores, o time arapiraquense abriu o placar aos oito minutos da primeira etapa, com Lúcio Maranhão, aproveitando bom levantamento e a liberdade na área para desviar. Depois o intervalo, o Coxa teve uma discreta melhora, mas não o suficiente para buscar o empate.

As duas equipes voltam a se encontrar na próxima quarta-feira, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. Quem passar pelo confronto enfrenta o vencedor do duelo entre Sport Recife-PE e Paysandu-PA.

O jogo – O time da casa não se intimidou com a presença de um adversário de Série A e, com apoio do torcedor, começou a partida com o domínio das ações. Aos três minutos, Augusto fez bom lançamento e a defesa alviverde conseguiu afastar o perigo. Aos oito minutos, Lúcio Maranhão recebeu bola açucarada e só teve o trabalho de desviar para as redes e sair par ao abraço.

Depois do gol sofrido, o Coritiba ameaçou reagir, mas encontrava algumas dificuldades em campo. Aos 14 minutos, Lúcio Maranhão apostou corrida com a zaga, mas parou na saída do goleiro Vanderlei. Sem conseguir entrar na zaga alagoana, Eltinho tentou o chuveirinho, aos 16 minutos, e a zaga tirou, cedendo escanteio. Aos 23 minutos o Coxa chegou a balançar as redes, depois de desvio de Demerson, mas o árbitro anulou marcando impedimento.

Como já aconteceu em outras partidas do Alviverde nesta temporada, as bolas paradas de Tcheco eram os nascedouros das melhores chances. Aos 26 minutos o meia levantou e Emerson testou para fora. Aos 34 minutos, Tcheco tentou cobrança de falta direta, mas exagerou na força. Porém, que esteve mais próximo do gol foi o ASA, aos 41 minutos, com Lúcio Maranhão, que aproveitou vacilo de Vanderlei e só não marcou porque a zaga estava atenta.

Na segunda etapa, o Coritiba voltou com Junior Urso no lugar de Tcheco. Aos três minutos, Anderson Aquino ajeitou a bola na medida para Lincoln, que bateu de primeira pela linha de fundo. O Coxa se movimentava mais, porém continuava com dificuldades. Aos 10 minutos, Didira passou como quis pela defesa e bateu para fora, com perigo.

O técnico Marcelo Oliveira voltou a mexer, tirando Anderson Aquino para a entrada de Caio Vinicius. Aos 19 minutos, Eltinho chegou pela lateral e fez o cruzamento. Fabiano, bem posicionado, afastou da área. Na resposta, Lúcio Maranhão abriu espaço e arrematou fraco, fácil para Vanderlei.

Coritiba no ataque e, aos 24 minutos, depois de confusão na área, Caio Vinícius pegou rebote e chutou em cima da defesa. Mas o ASA queria mais um gol. Aos 31 minutos, Didira invadiu a área, tocou para o lado e não encontrou ninguém. Gabriel também tentou, aos 40 minutos, com petardo de fora da área, para fora. Lúcio Maranhão chutou forte, aos 44 minutos, e isolou.