Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Corinthians anuncia retirada de estrelas do seu símbolo

Por Da Redação 26 out 2011, 09h46

Por AE

São Paulo – O Corinthians divulgou uma nota oficial, na manhã desta quarta-feira, para anunciar que não irá mais exibir as cinco estrelas que ficam acima do escudo no uniforme do clube. Quatro servem para lembrar cada título brasileiro conquistado pelo time, enquanto a maior delas, mais ao alto, destaca o Mundial de Clubes da Fifa, obtido pela equipe em 2000.

Por meio de um texto publicado em seu site oficial, o Corinthians revela que tomou a decisão para valorizar ainda mais o seu símbolo, que ficará maior do que já no próximo lote de camisas produzidas pela Nike, e para dar peso, no “coração dos torcedores”, a outros títulos importantes que não são lembrados por meio das estrelas no atual uniforme.

“A história do Corinthians é grandiosa. Marcada por infinitas glórias. As conquistas são muitas. Heroicas. Épicas. Uma visita ao Memorial do clube dá bem a noção do quão vencedor é o Corinthians. Vale a pena! E cada corintiano tem a sua conquista preferida. Algum título em especial é mais marcante na vida de cada fiel. Todos têm a sua ‘vitória de estimação'”, diz o início da nota publicada pelo clube.

Por meio do comunicado, o Corinthians lembra de outros títulos inesquecíveis de sua história, como por exemplo o do Paulistão de 1977, quando o clube encerrou um jejum de 23 anos sem taças. O clube também relembrou o bicampeonato estadual de 1982 e 1983, época do movimento Democracia Corintiana, além da conquista dos três títulos da Copa do Brasil, obtidos em 1995, 2002 e 2009.

“Enfim, títulos é o que não falta. Preferências também não. Nenhum desses (títulos) acima citados, porém, estão representados na nossa camisa, como se tivessem sido preteridos. Não há como o clube eleger os principais. Não há principais. Não há estrelas que brilhem mais do que as outras”, afirma outro trecho da nota oficial publicada pelo clube.

Além de valorizar o seu símbolo com a extinção das estrelas acima dele, pois assim o distintivo poderá ganhar maior metragem vertical, a nova iniciativa do Corinthians tem grande apelo comercial. Aprovada pelo presidente Andrés Sanchez, a medida foi proposta pelo departamento de marketing do clube, que teme que as atuais camisas do clube se desvalorizem em caso da conquista de um novo título brasileiro neste ano. A ideia é padronizar o símbolo em todos os produtos comercializados pelo clube que levem o distintivo corintiano.

Seguindo a lógica iniciada a partir de 1990, com a primeira estrela bordada após conquista do Brasileirão daquele ano, e depois as próximas com os troféus nacionais de 1998, 1999 e 2005, o clube teria de colocar uma nova estrela em caso de fechar o ano levantando a taça da principal competição do país. Porém, com a nova iniciativa, o uniforme não correrá o risco de ficar ainda mais “poluído” com a impressão de uma nova estrela.

“A camisa continuará com o escudo na altura do coração. Agora, até maior. E do lado de dentro, no coração de cada um, continuará a brilhar a estrela preferida”, encerra a nota oficial do Corinthians, lembrando que cada torcedor leva consigo as suas conquistas preferidas, sem que elas precisem ser lembradas por meio de estrelas bordadas no uniforme.

Continua após a publicidade
Publicidade