Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Contra o Bolívar, Arouca vê Santos motivado por incidentes em La Paz

Os incidentes protagonizados pela torcida do Bolívar (Bolívia), no primeiro jogo entre as duas equipes, em La Paz, pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América, deixaram o time do Santos bastante irritado. Na ocasião, torcedores do clube boliviano atiraram laranjas e bananas na direção dos atletas do Peixe, inclusive com algumas dessas frutas atingindo o atacante Neymar. Por tudo isso, o volante Arouca admitiu que os santistas se sentem mais motivados para o duelo de volta contra La Academia, nesta quinta-feira, a partir das 19h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro.

‘Não dá para negar que tudo aquilo que ocorreu na Bolívia nos motiva ainda mais para esse jogo. Sem dúvida, o que nós vivemos lá foi um episódio lamentável e tudo o que aconteceu só serve como uma motivação maior para vencermos. Queremos dar o troco ‘na bola’. Até porque, se nós eliminarmos o Bolívar, vai ser uma boa resposta para os torcedores deles’, afirmou o meio-campist

Arouca revelou que os jogadores alvinegros também ficaram irritados pelo fato de a Conmebol, entidade responsável pela organização do torneio, não ter dado nenhum tipo de punição ao Bolívar, mesmo com as imagens do incidente no Estádio Hernando Siles terem sido transmitidas pela televisão.

‘Isso tudo foi um caso lamentável por partes dos torcedores do Bolívar. Nós ficamos bem chateados porque não houve nenhum tipo de punição por parte da Conmebol. Mas temos que deixar isso de lado. Pedimos ao nossos torcedores que apóiem do começo ao fim, sem entrarem nesse ‘clima de guerra’. A nossa maior preocupação é vencer, para conseguirmos essa classificação’, comento

Vale lembrar que, como o Santos foi derrotado por 2 a 1 por La Academia na capital boliviana, o time precisa de uma vitória simples, de 1 a 0, para avançar até as quartas de final da Libertadores. Caso o Peixe vença o Bolívar por 2 a 1, a decisão da vaga sai nas cobranças de pênaltis. Se os bolivianos marcarem dois ou mais gols na Vila, os santistas só se classificam com um triunfo por dois ou mais gols de diferença.