Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Comissão da Lei Geral libera consumo de bebidas alcoólicas na Copa

A Comissão que vota as emendas propostas pela Fifa na chamada Lei Geral da Copa aprovou nesta terça-feira, por 15 votos a nove, o consumo de bebidas alcoólicas nos estádios que receberão jogos do Mundial, em 2014. O projeto agora será encaminhado para o Plenário, onde será votado novamente para ser avaliado pelo Senado e assinado pela presidente Dilma Roussef.

No polêmico texto aprovado pela Comissão Especial da Câmara dos Deputados, as bebidas alcoólicas são liberadas nas mediações dos estádios de futebol, desde que sejam vendidas em copos plásticos. O consumo, no entanto, será permitido apenas durante o Mundial e a Copa das Confederações, ignorando o apelo de alguns parlamentares em permitir a venda durante os campeonatos nacionais de futebol.

Além da questão envolvendo o consumo de cerveja e destilados, a Comissão também confirmou que os idosos com mais de 60 anos poderão adquirir ingressos com o valor de meia-entrada. Entretanto, a venda de bilhetes a preços populares também acontecerá para uma área denominada categoria 4 em cada estádio. Para estes locais, as entradas custarão cerca de 50 dólares.

A carga de ingressos a preços populares será de aproximadamente 300 mil, sendo que os idosos, estudantes e participantes de programas estaduais e federais de distribuição de renda terão privilégio para adquirir os bilhetes pela metade da quantia exigida. Caso o número de interessados nestas entradas ultrapasse o limite colocado à venda pela Fifa, um sorteio público será realizado para que elas sejam distribuídas de forma democrática.

Segundo a previsão estipulada pela Fifa, os preços dos ingressos no Mundial poderão variar de US$ 50 a US$ 900. Mesmo com o panorama traçado pela entidade, os valores ainda não foram confirmados e serão formalizados após a determinação das áreas que os torcedores poderão ocupar nos estádios que estão em construção ou reforma.