Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com vantagem do empate, Rio Branco pega Grêmio Osasco na final da A3

Após um empate sem gols no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista da Série A3, Rio Branco e Grêmio Osasco decidem o título da competição neste domingo, a partir das 10 horas (de Brasília), no Estádio Décio Vitta, em Americana. Para ser campeão o time da casa só precisa de um empate diante de seus torcedores, vantagem que foi conquistada graças à melhor campanha na fase anterior do torneio.

Fundado em 1913, o Rio Branco ainda busca o seu primeiro título como profissional. A equipe herdou a conquista da Série A3 de 1968 do Esporte Clube Vasco da Gama, que foi incorporado em 1979, mas nunca ergueu um troféu com o nome de origem, apesar de ter chegados às decisões da Série A2 em 1990 e 2009, nas quais perdeu, respectivamente, para Olímpia e Monte Azul.

Para escalar a equipe de Americana o técnico Luisinho Quintanilha deve realizar apenas uma alteração em relação ao primeiro jogo da final. Suspenso pela expulsão naquela partida, o zagueiro Aírton será substituído por Bernardi. O restante da equipe deve ser o mesmo, com destaque para a dupla de ataque formada pelos veteranos Sandro Hiroshi e Marcos Denner.

O Grêmio Osasco, que foi fundado há pouco mais de quatro anos, também busca a sua primeira conquista, apesar de já ter conseguido vários acessos no Estadual. A equipe da Grande São Paulo só será campeã se vencer a partida deste domingo.

Para definir a escalação do time o técnico Toninho Moura tem como desfalque certo o lateral esquerdo Allan, que terá que cumprir suspensão automática por ter recebido o cartão vermelho no último jogo. O comandante da equipe ainda não sabe se poderá contar com o zagueiro Éder e com o lateral direito Deivid, que frequentaram o departamento médico durante a semana.