Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Com três de Loco Abreu, Botafogo derrota o Bangu e está na final

Equipe tem trabalho, mas vence por 4 a 2 e agora aguarda o vencedor de Flamengo e Vasco neste domingo

Por Da Redação 21 abr 2012, 20h41

Depois de ficar no banco de reservas no meio de semana pela Copa do Brasil, o uruguaio Loco Abreu deu a volta por cima neste sábado. Com três gols, o atacante foi o principal destaque na vitória do Botafogo por 4 a 2 sobre o Bangu, pela semifinal da Taça Rio. No entanto, o atacante uruguaio voltou a desperdiçar uma penalidade nesta temporada. Com o resultado, o Botafogo aguarda seu adversário no confronto entre Flamengo e Vasco, neste domingo, no Engenhão.

O Botafogo começou a partida pressionando e foi superior durante toda a primeira etapa, mas só chegou ao gol aos 39 minutos. Após cobrança de escanteio, Marcelo Mattos escorou e a bola sobrou para Loco Abreu, livre, só colocar para a rede.

O segundo tempo iniciou da mesma maneira da etapa inicial. No entanto, desta vez, o Botafogo conseguiu marcar logo com dois minutos. Em nova bola levatada na área por Andrezinho, Loco Abreu se antecipou ao goleiro Willian Alves e cabeceou para a rede para fazer seu segundo gol na partida.

Quando parecia que a vitória estava garantida, uma falha individual colocou o Bangu de volta no jogo. Aos sete minutos, Thiago Galhardo cruzou, o lateral direito Lucas foi tentar cortar, mas acabou cabeceando errado e colocando para a própria rede.

Leia também:

Com reservas, Fluminense bate Macaé em torneio de consolação

Continua após a publicidade

O gol animou o Bangu, que se arriscou mais no ataque e chegou a desperdiçar boa chance com Gedeílson. No entanto, quem marcou foi o Botafogo, aos 14 minutos. Maicosuel fez belo cruzamento para Loco Abreu, que chegou na velocidade na área e cabeceou sem chance para Willian Alves.

Depois do terceiro gol, o Botafogo diminuiu o ritmo, mas seguia buscando o ataque. O Bangu sentiu o revés, mas em um lance isolado conseguiu diminuir novamente o placar no Engenhão. Aos 25 minutos, Sérgio Junior foi lançado, levou a melhor sobre o goleiro Jefferson e só teve o trabalho de colocar para a rede.

O jogo era dramárico até os 35 minutos, quando Lucas foi puxado na área e o arbitro marcou pênalti. No entanto, Loco Abreu cobrou para fora e manteve o jogo em aberto. Foi a quinta cobrança desperdiçada pelo capitão da equipe nesta temporada. Nos minutos finais, o Bangu ainda tentou incomodar, mas viu o adversário marcar o quarto nos acréscimos com Maicosuel para dar números finais ao confronto.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade