Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com time base do ano passado e reforços, Santos estreia na Libertadores

Rio de Janeiro, 13 fev (EFE).- O Santos estreia nesta quarta-feira na Libertadores contra o The Strongest, com praticamente o time que conquistou a competição no ano passado, incluindo Neymar e Paulo Henrique Ganso, e com reforços de peso como o lateral uruguaio Jorge Fucile.

O técnico Muricy Ramalho não esconde o time que deve utilizar na altitude de La Paz, apesar da direção do clube só divulgar a lista de seus inscritos para a Libertadores no final desta segunda-feira.

A equipe continua tendo como destaques os meias Paulo Henrique Ganso e Elano, além dos atacantes Neymar e Borges.

Neymar optou por ficar no Santos após assinar o contrato mais caro do futebol brasileiro. O atacante descartou as milionárias ofertas do Real Madrid e do Barcelona, e seu companheiro, Ganso, também renovou com clube santista, mas sem a mesma valorização.

A escalação titular da equipe também incluirá outros vitoriosos na campanha do torneio continental do ano passado, como o goleiro Rafael, o zagueiro Edu Dracena e o volante Arouca.

As novidades serão os reforços pedidos por Muricy, que chegaram ao Santos nos últimos dias: os laterais Fucile e Juan.

‘A equipe está praticamente definida. Fucile e Juan vão jogar porque tem experiência. Um deles (Fucile) é jogador com experiência em Copa do Mundo (com a seleção uruguaia) e o outro (Juan) já tem experiência internacional’, afirmou o treinador.

Jorge Fucile estreou na quarta-feira passada, e Juan, apesar de ter treinado com o resto de seus companheiros e ter chegado há três dias vindo do São Paulo, nem sequer foi apresentado oficialmente como jogador do Santos.

‘Juan já treinou com o elenco. Nós conversamos e ele me disse que está pronto para a partida’, disse o técnico ao justificar sua decisão de colocá-lo para jogar.

Muricy ainda tem dúvidas quanto a escalação de Edu Dracena e Borges, que não vêm jogando as últimas partidas por problemas musculares, e também não sabe se escalará Durval, pois o zagueiro ainda se recupera de uma lesão na coxa.

Caso os médicos não permitam a escalação dos jogadores, Bruno Rodrigo substituirá Edu Dracena, Vinícius Simon entrará no lugar de Durval e Alan Kardec no de Borges.

O Santos deve viajar nesta tarde a Santa Cruz de la Sierra, onde treinará na terça-feira, e chegará a La Paz na próxima quarta-feira, poucas horas antes da partida como estratégia para reduzir os efeitos da altitude.

A equipe viaja para Bolívia motivada por seu bom momento no Campeonato Paulista, principalmente após as duas goleadas em seus dois últimos jogos, com direito a um hat-trick de Neymar.

Possível escalação do Santos contra o The Strongest: Rafael; Jorge Fucile, Edu Dracena (Bruno Rodrigo), Durval (Vinícius Simon) e Juan; Arouca, Henrique, Elano e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Borges (Alan Kardec). EFE