Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Com abraço de Andrés, Tite valoriza blindagem do vestiário no Timão

Por Da Redação 4 dez 2011, 20h51

O técnico Tite suportou a uma sequência de crises na temporada, mas resistiu à frente do Corinthians e comemorou o título do Campeonato Brasileiro, neste domingo. O treinador, que interrompeu sua entrevista para receber um forte abraço do presidente Andrés Sanchez, valorizou o respaldo que recebeu do mandatário.

‘Agradeço ao presidente e ao Corinthians todo. O clube tem um grupo de dirigentes muito especiais, que consegue blindar o vestiário. Isso vai desde o roupeiro até o fisioterapeuta’, afirmou.

Tite sofreu uma forte pressão com a eliminação do Timão na pré-Libertadores, diante do Tolima. Durante o Brasileirão, a queda de rendimento do clube no segundo turno também gerou uma série de críticas ao treinador. Porém, Andrés Sanchez sustentou o profissional no cargo.

Assim, o Corinthians se sagrou campeão brasileiro depois do empate por 0 a 0 com o Palmeiras. A taça serviu para coroar o trabalho de Tite, que comemorou pela primeira vez um título no futebol paulista.

‘É a primeira vez que tenho a oportunidade de fazer um trabalho com início, meio e fim em São Paulo’, vibrou o treinador, que ocupa o cargo desde outubro do ano passado.

Antes disso, Tite teve outras duas passagens por grandes clubes paulistas. Entre 2004 e 2005, o treinador comandou o próprio Corinthians. Já em 2006, o técnico trabalhou no Palmeiras. Mas a primeira equipe do estado no currículo do gaúcho foi o São Caetano, entre 2003 e 2004.

Continua após a publicidade
Publicidade