Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Clezar supera Capdeville e leva primeiro título de Challenger

Guilherme Clezar superou o cabeça de chave número 1, o chileno Paul Capdeville, com parciais de 7/6 (4) e 6/3 e ganhou o título do Challenger de Rio Quente (GO). Com o caneco, o tenista de 19 anos de idade, atual número 284 do mundo, deve subir 66 posições no ranking e atingir sua melhor posição na carreira.

‘Foi uma semana incrível, estou muito feliz’, disse o campeão. ‘Peguei uma chave difícil, com um dos favoritos (Ricardo Mello) logo na segunda rodada e achei que não ia passar. Mas consegui administrar bem esses jogos difíceis e isso me fortaleceu muito ao longo da semana’, ressaltou o gaúcho.

O técnico de Clezar, João Zwetsch, falou sobre a performance de seu pupilo. ‘Estou muito contente pela vitória e mais ainda pela postura que ele adotou na final diante de um adversário mais experiente, que também jogou muito bem. Paul (Capdeville) o obrigou a elevar seu tênis e ele correspondeu’.

Apesar da derrota, Capdeville fez questão de frisar a qualidade do brasileiro. ‘Joguei meu melhor tênis, mas ele me impressionou porque correspondeu e jogou melhor’.

Com a conquista, Guilherme Clezar leva 80 pontos no ranking, além de um prêmio no valor de cinco mil dólares. A partir de segunda-feira, o tenista disputa um torneio Future em Manaus.

A final de duplas também foi realizada mas não trouxe alegrias para o tênis brasileiro já que Thiago Alves e Augusto Laranja perderam para o conjunto formado pelo uruguaio Marcel Felder e pelo argentino Guido Andreozzi com um duplo 6/3. Agora, Laranja vai se concentrar para a disputa do Future de Manaus enquanto que Thiago descansa por uma semana antes de tentar superar o qualifying de Roland Garros.