Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Clássico no Independência começa a decidir o título Mineiro

Atlético-MG e América-MG começam neste domingo, às 16h, na Arena Independência, a decidir o título Mineiro. Enquanto o Galo já levantou a taça em 40 oportunidades, o Coelho busca a conquista de número 16, sendo que o time americano não é campeão desde 2001, e busca o troféu justamente no ano do centenário.

O embate entre Galo e Coelho, que já chegou a ser conhecido como o clássico das multidões, vai marcar o primeiro confronto entre os rivais no novo Independência. Se depender do retrospecto, a torcida atleticana pode ficar animada, isso porque, dos 387 jogos já realizados entre Atlético-MG e América-MG, a equipe alvinegra leva vantagem com 190 vitórias, contra 102 triunfos alviverdes, houve ainda 95 empates.

Eliminado precocemente da Copa do Brasil, o Atlético-MG vê o título Mineiro como possibilidade de salvar o semestre e tentar fazer as pazes com a torcida, que está na bronca com o time desde o final do ano passado, quando o Galo foi goleado pelo arquirrival Cruzeiro por 6 a 1, na última rodada do Brasileirão. O volante Pierre acredita em dificuldades contra o Coelho, mas afirma que o elenco tem que levantar a cabeça e esquecer a Copa do Brasil.

‘Temos que levantar a cabeça e pensar neste jogo contra o América-MG, que é muito importante para nós. Precisamos corrigir alguns erros, mas temos condições de enfrentar o América-MG e conquistar uma vitória. Será um jogo complicado com certeza, a equipe deles não chegou na final por acaso, tem méritos e precisamos respeitar, só que temos a necessidade de vencer’, declarou.

Para encarar o América-MG, o técnico Cuca não poderá contar com atletas importantes, que estão entregues ao departamento médico, casos, por exemplo, do volante Fellipe Soutto, do atacante Neto Berola e do também volante Leandro Donizete, que terão que assistir a partida das arquibancadas. O avante Guilherme, recuperado de lesão tem chances de aparecer no jogo. Já o armador Bernard, que cumpriu suspensão na Copa do Brasil volta ao time do Galo.

No Coelho, a aposta é no avante Alessandro, que vem sendo um dos principais jogadores do América-MG na reta final do Campeonato Mineiro. O jogador garante que o foco na decisão é total, e prega respeito ao Atlético-MG, mas deixa claro que time americano quer o título para comemorar o centenário do clube.

‘Está todo mundo focado. Sabemos da importância desses jogos e de trazer um título nesse ano tão importante. O América-MG está vivendo um bom momento. No ano passado, caímos para a Série B, mas o clube conseguiu formar um elenco de qualidade nesta temporada. Temos que ter os pés no chão, porque se o título não vier as críticas vão aparecer. A gente que não pode ter oba-oba. Humildes, mas sem cabeça baixa’, declarou.

O América-MG entra na decisão em desvantagem já que a campanha do Atlético-MG foi melhor, e por isso, o Galo pode empatar os dois jogos para ser campeão, ou obter derrota e vitória pela mesma diferença de gols. Para ficar com o título, o Coelho vai precisar ao menos vencer um dos dois jogos da final para reverter a situação.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG X ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data: 06 de maio de 2012 (domingo)

Horário: 16h (horário de Brasília)

Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (FIFA/AL)

Assistentes:Alessandro Álvaro Rocha de Matos (FIFA/BA) e Dibert Pedrosa Moisés (FIFA/RJ)

AMÉRICA-MG: Neneca; Rodrigo Heffner, Gabriel, Everton (Lula) e Bryan; Dudu, Leandro Ferreira, Moisés e Rodriguinho; Alessandro e Fábio Júnior

Técnico:Givanildo Oliveira

ATLÉTICO-MG: Giovanni; Marcos Rocha, Lima, Réver e Richarlyson; Pierre, Serginho, Escudero e Mancini; Danilinho (Guilherme) e André

Técnico: Cuca