Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chuva cancela treino, e Muricy esconde escalação

Por Sanches Filho

Santos – Com o gramado do CT Rei Pelé alagado, em razão da chuva, Muricy Ramalho decidiu cancelar o treino técnico desta sexta-feira para não expor os jogadores a contusões. Com a mudança na programação, Borges, Dimba e Arouca estão quase fora do clássico contra o São Paulo, pela 4ª rodada do Brasileirão, domingo, no Morumbi.

Recuperados de lesões musculares, eles dependiam do treino desta sexta para confirmar presença no clássico. Sem trabalho no gramado, eles realizaram um trabalho físico intenso e participaram do treino recreativo, o que não deve mudar o quadro. Pelo menos Arouca e Borges devem ser preservados para o jogo contra o Corinthians, na quarta-feira, pela semifinal da Libertadores.

“Teremos mais um dia de trabalho e para a recuperação dos atletas. Então é preciso um pouco mais de paciência porque o que vai decidir a escalação é a parte física. Por isso vamos aguardar um pouco mais para definir quem vai para o jogo”, justificou o treinador, ao ser questionado sobre as chances de Borges e Arouca voltarem diante do São Paulo.

Sem poder contar com Neymar e Rafael, que estão com a seleção brasileira, Muricy deixou para anunciar o time apenas pouco antes do jogo com o São Paulo. Não seria possível o treinador confirmar nem mesmo a equipe mista que empatou por 1 a 1 contra o Fluminense, quarta-feira, na Vila Belmiro, porque Juan é do São Paulo e não poderá jogar em razão de uma cláusula existente no contrato de empréstimo.

A perda de Juan para o clássico é apenas um problema a mais para Muricy. A poucos dias do confronto com o Corinthians, o treinador tem quase um time inteiro no departamento médico. São três laterais-direitos (Fucile, Galhardo e Crystian), um zagueiro (David Braz), o principal volante (Arouca), o segundo jogador mais importante do time (Ganso) e o maior goleador do grupo (Borges).

LIBERTADORES – O Santos tem a intenção de inscrever Bill já para as semifinais da Libertadores contra o Corinthians. A informação que a diretoria recebeu do empresário do jogador é que o contrato do jogador com o clube do Parque São Jorge será rescindido nas próximas horas.

Com autorização do presidente corintiano Mário Gobbi dada a Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, Bill já fez os exames médicos e acertou o contrato de dois anos. Para ter condições legais para jogar contra o Corinthians, Bill terá de ser registrado na CBF até 48 horas antes da primeira partida das semifinais. Ele poderá entrar na relação dos 25 do Santos no lugar de Vinicius Simon ou no de Fucile.