Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chelsea vence nos pênaltis e conquista título da Liga dos Campeões

Redação Central, 19 mai (EFE).- O Chelsea venceu o Bayern de Munique nos pênaltis por 4 a 3 e acabou com a festa do mandante da final da Liga dos Campeões, que foi realizada neste sábado, na Allianz Arena.

A última cobrança, que valeu a taça e calou o estádio de Munique, foi do atacante marfinense Didier Drogba. Olic e Schweinsteiger perderam as suas cobranças, enquanto Mata perdeu para o Chelsea. O goleiro Petr Cech foi destaque da final, ao defender uma cobrança na prorrogação e outra nos pênaltis.

O time dos brasileiros David Luiz, titular na partida e que cobrou pênalti na decisão, e Ramires, que não atuou por estar suspenso, conquistou o primeiro título europeu da sua história. Na temporada 2007-08, também nos pênaltis, o Chelsea perdeu sua única final, contra o Manchester United, em Moscou.

O primeiro tempo foi de pouca emoção, já que desde a escalação era previsto que as duas equipes, principalmente o Chelsea, jogariam de maneira cautelosa. O Bayern, que levou a campo um meio-campo com mais jogadores técnicos dominou os primeiros 45 minutos, mas sem levar grande perigo ao adversário.

No segundo tempo, o time alemão chegou a ter um gol anulado, aos oito minutos, quando Robben chutou prensado, a bola desviou em Cole e sobrou para Ribéry marcar. Contudo, a arbitragem anulou o gol, marcando impedimento do francês.

E depois de muita briga os 10 minutos finais foram de emoção pura. Primeiro, o meia Schweinsteiger levantou na área e Müller abriu o placar para o Bayern. Cinco minutos depois, Mata cobrou escanteio e Drogba testou forte para marcar e levar o jogo para a prorrogação.

E o tempo extra começou tão eletrizante quanto os últimos minutos do tempo regulamentar. Logo aos quatro minutos, Drogba cometeu pênalti em Ribéry. Robben foi para cobrança, mas parou nas mãos de Cech.

Na segunda etapa, o jogo seguiu franco e movimentado, bem diferente dos primeiros 80 minutos do jogo. O Bayern chegou a ter uma boa chance com Gómez, após lançamento de Robben, mas o brasileiro David Luiz acabou salvando o Chelsea. Com o 0 a 0 na prorrogação, o jogo acabou indo para os pênaltis. EFE