Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Catanduvense e Oeste empatam e chegam ao sexto jogo sem vitória

Lutando contra o rebaixamento no Campeonato Paulista, Catanduvense e Oeste ficaram apenas no empate por 1 a 1 em duelo na noite deste sábado, no Estádio Silvio Salles, e permaneceram muito ameaçados pela degola. A igualdade fez com que os dois times chegassem ao sexto jogo consecutivo sem conseguirem uma vitória no Estadual. Com o ponto conquistado, o Oeste conseguiu escapar temporariamente das quatro últimas posições, mas pode cair na tabela após o complemento da rodada.

Os dois gols da partida foram marcados no primeiro tempo. Samuel anotou um golaço de fora da área para o Catanduvense, enquanto que Wanderson alcançou o empate para o Oeste nos acréscimos da primeira etapa. No segundo tempo os visitantes tiveram boas chances para marcar, a principal delas em chute na trave de Samuel, mas o placar seguiu inalterado.

No próximo fim de semana as duas equipes voltam a jogar pelo Campeonato Paulista e tentam se reencontrar com a vitória. O Catanduvense vai atuar novamente em casa diante do Linense, enquanto que o Oeste também jogará como mandante diante da Portuguesa.

O jogo – O Catanduvense abriu o placar na primeira oportunidade que teve para marcar. Aos 15 minutos da primeira etapa, após cobrança de escanteio, a defesa do Oeste afastou a bola e Samuel aproveitou a sobra para, de primeira, chutar forte de perna esquerda e marcar um golaço para os donos da casa.

A partida seguiu muito disputada e com poucas chances na primeira etapa, mas o Catanduvense chegou perto de ampliar a vantagem em duas oportunidades. Na primeira delas, Dairo foi travado por Cris no momento da finalização. No lance seguinte, Tiago Mineiro ignorou a presença de seus companheiros, que estavam em boa condição para receber a bola, e bateu para fora.

Quando parecia que o time da casa iria para os vestiários com a vantagem no placar, o Oeste aproveitou um contra-ataque e conseguiu o gol de empate. Em jogada veloz, Wanderson recebeu de Paulo Vitor pela direita, invadiu a área e bateu cruzado, sem chances para o goleiro Fillipi.

O segundo tempo começou mais movimentado e Dairo logo obrigou o goleiro do Oeste a fazer grande defesa. Pouco depois, o time visitante respondeu e colocou uma bola na trave adversária em chute de Samuel. A pressão sobre o Catanduvense continuou em seguida e Adriano Alves obrigou Fillipi a fazer boa defesa.

A equipe mandante demorou, mas conseguiu voltar a assustar o goleiro Zé Carlos em duas oportunidades, em finalizações de Luiz Mário e Dairo. No entanto, nenhuma das equipes teve competência para chegar ao gol da vitória e o empate indesejado acabou sendo inevitável.