Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Carrasco lamenta chances perdidas do Furacão, mas não joga a toalha

Por Da Redação - 9 abr 2012, 12h31

O Atlético-PR não manteve a boa sequência de resultados que o havia colocado diretamente na briga pelo título do segundo turno do Campeonato Paranaense ao ceder o empate por 1 a 1 diante do Corinthians-PR. O técnico Juan Ramón Carrasco lamentou as oportunidades desperdiçadas pelo time, que deixou escapar dois pontos na reta final da disputa com o rival Coritiba, que escapou na liderança.

‘Tivemos novamente um déficit de finalização. Perdemos uma chance de levar três pontos, mas os objetivos continuam claros ainda. Continuar jogando bem para vencer o segundo turno e a Copa do Brasil’, avaliou o treinador rubro-negro, que ainda não jogou a toalha. ‘O importante é que o grupo está focado e que o Atlético está na briga do segundo turno’, acrescentou.

Carrasco aproveitou para justificar mais uma vez as mudanças no time, que teve alguns improvisos e estava claramente desentrosado. ‘Poupamos alguns atletas que estavam com dores. Lembro que o Estadual é uma boa oportunidade para ver quais jogadores estão em boas condições para jogar na Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro’, concluiu.

Publicidade