Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Capello responde crítica de Rooney e aumenta polêmica

O fracasso da seleção inglesa na Eurocopa ainda repercute no país. Após a derrota nos pênaltis contra a Itália, os jogadores da Inglaterra têm sofrido com a pressão imposta pela imprensa local. E foi em uma das perguntas feitas ao astro Wayne Rooney que a maior das polêmicas teve início.

Questionado sobre a falta de padrão tático da equipe, o jogador do Manchester United culpou o ex-técnico Fabio Capello. Para o atacante, as ‘traduções atrapalhadas’ feitas pelo italiano de ‘inglês limitado’ influenciaram no mau desempenho da Inglaterra na Euro.

Capello resolveu responder de imediato: ‘Depois do último jogo, penso que Rooney só entende escocês’. O italiano, demitido em fevereiro, fez referência à nacionalidade do técnico do Manchester United, Sir Alex Ferguson. ‘Ele só joga bem em Manchester, lá Fergunson fala escocês’, ressaltou.

Italo Galbiati, um dos auxiliares de Capello na seleção inglesa, afirmou que ‘Rooney foi ingrato’ e que o ‘futebol tem apenas uma linguagem: a bola’. O que pode prejudicar Fabio Capello é uma cláusula contratual que o impediria de criticar o atual trabalho feito na equipe.

A demissão do treinador se deu após as polêmicas de John Terry envolvendo racismo. Capello não aceitou a punição da federação inglesa, que retirou a braçadeira de capitão do zagueiro do Chelsea.

Depois de ficar fora das duas primeiras partidas da Euro por estar suspenso, Rooney foi decisivo na conquista do primeiro lugar do grupo D ao marcar gol da vitória sobre a Ucrânia. A atuação apagada do atacante contra a Itália rendeu críticas do atual treinador inglês, Roy Hogdson, que atribuiu boa parte da eliminação ao astro.