Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Candidato a substituir Valdivia, Felipe aprova reestreia no Verdão

Depois do Campeonato Paulista de destaque pelo Mogi Mirim, Felipe retornou de empréstimo ao Palmeiras a pedido do técnico Luiz Felipe Scolari. No entanto, o meia só foi fazer sua reestreia com a camisa alviverde neste domingo, na derrota por 1 a 0 para o Grêmio no Estádio Olímpico.

A escalação de Felipe entre os titulares surpreendeu. Valdivia não apresentou problemas físicos ao longo da semana e era o cotado para começar jogando. Contudo, após a partida, o próprio chileno revelou que uma conversa com Felipão definiu que atuaria apenas nos 45 minutos finais.

O meia de 21 anos, portanto, só esteve em campo durante o primeiro tempo, mas aprovou sua atuação. ‘Acho que fui bem. Procurei ajudar de alguma forma na frente e também marcando. Estava difícil, o Grêmio pressionou a gente. Estou tranqüilo, ainda tenho muito a dar ao Palmeiras’, declarou.

Felipe chegou às categorias de base alviverdes em 2008 e só foi ganhar sua primeira chance entre os profissionais no ano seguinte, quando atuou alguns minutos no empate por 1 a 1 com o Santos pelo Campeonato Brasileiro. Até então, havia sido a única partida do jogador, que depois foi emprestado ao Rio Branco, Bahia, Olaria e Guarani antes de ir para o Mogi em 2012.

Campeão do Interior, Felipe retornou ao Palmeiras para ser o substituto imediato de Valdivia e Daniel Carvalho – que sofrem constantemente com problemas físicos -, mas acabou cortado do banco de reservas contra o Atlético-PR, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, quando o meia ex-CSKA Moscou era desfalque por lesão.

A titularidade de Felipe contra o Grêmio no Olímpico pode ter sido um teste de Felipão já que Valdivia, dono da posição, está suspenso da partida de ida da semifinal da Copa do Brasil, justamente contra o clube gaúcho e também em Porto Alegre.

Se teve atuação discreta no domingo, Felipe ainda tem oportunidade para provar ao treinador que pode comandar o meio-campo alviverde. Antes do duelo com o Grêmio, o Palmeiras enfrenta o Sport, em 6 de junho, e o Atlético-MG, três dias depois, pelo Campeonato Brasileiro.