Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Camp Nou recebe 30 mil para celebrar títulos do Barça

Por AE

Barcelona – O Barcelona encerrou sua temporada em alto estilo neste sábado. Um dia após faturar sua 26ª Copa do Rei, o time catalão recebeu 30 mil torcedores no Camp Nou para comemorar os quatro títulos conquistados em 2011/2012 e marcar a despedida do vitorioso técnico Josep Guardiola.

Jogadores e técnico foram ovacionados pelos torcedores ao entrarem um a um no gramado iluminado somente por jogos de luzes. Até o brasileiro Daniel Alves, com a clavícula imobilizada, compareceu à festa. A única ausência foi o lateral Eric Abidal, que se recupera de um transplante no fígado. O francês foi homenageado pelos companheiros de time em rápidos discursos para a torcida.

“Vocês são a melhor torcida que um clube pode sonhar. Com uma atitude sincera e exemplar, vocês nos têm emocionado”, afirmou o meia Xavi. “Quando estamos aqui no gramado, vocês são fundamentais. Vocês nos dão força, são nosso motor”, exaltou Iniesta. O goleiro Valdés e o zagueiro Puyol se dirigiram à torcida em termos semelhantes.

A festa foi encerrada com uma foto de todo o elenco catalão, em um palco montado no centro do gramado, diante dos quatro troféus conquistados na temporada: Supercopa da Espanha, Supercopa da Europa, Mundial de Clubes e Copa do Rei.

Em sua despedida no Camp Nou, Guardiola evitou discursos e entrevistas. Apenas agradeceu o apoio da torcida e cumprimentou jogadores e comissão técnica. Ele encerrou na sexta-feira a passagem mais brilhante de um técnico no comando do Barcelona. Em quatro anos, ele faturou 14 títulos em 19 competições disputadas, incluindo dois títulos da Liga dos Campeões e o tricampeonato espanhol.

LESÕES – O Barcelona encerrou a temporada com mais três baixas no elenco. Cesc Fàbregas, com lesão muscular na perna direita, Thiago Alcântara, edema na mesma perna, e Isaac Cuenca, com uma contusão no joelho direito, devem levar duas semanas até se recuperarem totalmente. Fàbregas poderá desfalcar a seleção da Espanha na estreia na Eurocopa. Os atuais campeões vão iniciar a defesa do título diante da Itália, no dia 10 de junho.