Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Caio Júnior destaca entrosamento do ataque gremista

Por Da Redação 15 jan 2012, 12h00

Por AE

Bento Gonçalves – O Grêmio encerrou a sua pré-temporada em Bento Gonçalves no sábado com ainda mais esperança na sua nova dupla de ataque. No amistoso que marcou o encerramento da passagem da equipe pelo interior gaúcho, o time derrotou o Flamengo de São Valentim por 2 a 1, com gols de Marcelo Moreno e Kléber.

Satisfeito, Caio Júnior exaltou a atuação e o entrosamento adquirido pelos recém-contratados. “Hoje foi mais complicado, o campo estava mais liso e o adversário era um pouco mais forte. Mas o sistema para começar a temporada é esse. Algumas coisas ficaram claras, como o entrosamento e o encaixe da dupla Kléber e Marcelo Moreno”, disse.

O primeiro gol da partida foi marcado por Marcelo Moreno, de cabeça, aos 29 minutos do primeiro tempo, após cruzamento de Mário Fernandes. O Flamengo de São Valentim empatou o duelo com Roger, em cobrança de falta, aos 31. E o gol da vitória gremista saiu aos 43 minutos, após novo cruzamento. Marcelo Moreno dividiu com a zaga e o rebote ficou com Kléber, que empurrou para as redes.

O Grêmio foi escalado no primeiro tempo da partida com Victor; Mário Fernandes, Vilson (Grolli), Saimon e Julio Cesar; Fernando, Léo Gago, Douglas e Marco Antônio; Kléber e Marcelo Moreno. Na etapa final, o time atuou com: Marcelo Grohe; Gabriel, Saimon, Grolli e Bruno Collaço; Gilberto Silva, Fábio Rochemback, Marquinhos e Yuri (Felipe Nunes); Leandro (Junior Viçosa) e Miralles.

O Grêmio volta a treinar na segunda-feira quando iniciará a preparação final para o início do Campeonato Gaúcho. A equipe estreia na competição em 21 de janeiro, no Estádio Olímpico, contra o Lajeadense. De acordo com Caio Júnior, os trabalhos físicos e as jogadas de bola parada serão a principal preocupação para os próximos treinos.

“Ainda tem a parte física, que será trabalhada com o Paulo Paixão no início da semana. Depois vem a sequência de um planejamento de trabalho. Vamos trabalhar a bola parada, por exemplo, que ainda não foi treinada”, disse.

Continua após a publicidade
Publicidade