Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Cabañas volta a jogar futebol em jogo festivo no México

Por Da Redação 11 ago 2011, 00h08

Um amistoso entre o América do México e a seleção paraguaia marcou o retorno do atacante Salvador Cabañas, ídolo com as duas camisas, ao futebol. Baleado na cabeça em janeiro de 2010, ele ficou em campo durante 20 minutos e jogou pelas duas equipes na partida que terminou empatada por 0 a 0.

O duelo marcou também a estreia do ex-jogador Arce como técnico do Paraguai. No entanto, o que roubou a cena foi mesmo a participação de Cabañas, que defenderia a seleção paraguaia na Copa do Mundo do ano passado caso não fosse ferido em uma briga de bar meses antes do torneio.

Festejado por cerca de 15 pessoas, ele mostrou um bom preparo físico, melhor até do que em algumas épocas em que viveu o auge da carreira, entre 2008 e 2009. Ele foi homenageado pelo América com uma grande faixa no centro do gramado com a mensagem: ‘Grandeza é não se deixar vencer por nada’. Da seleção paraguaia, recebeu uma camisa autografada.

Publicidade