Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Burocracia pode atrasar a estreia de Tenório no Vasco em até 30 dias

Novo reforço do Vasco para a temporada, o atacante Carlos Tenório vai demorar para estrear com a camisa cruz-maltina. Pelo fato de ser equatoriano e o país não fazer parte do Mercosul, o primeiro jogo do atacante pelo Vasco deverá ser acontecer daqui 30 dias, por conta da burocracia no contrato de trabalho.

O grande entrave para a regularização do atleta vem da dificuldade em se obter um visto de trabalho que garanta a permanência do jogador no Brasil. Como a entrada de equatorianos no País não é influenciada pelos benefícios e facilidades do bloco econômico da América do Sul, a questão deverá ser arrastada durante o próximo mês, o que forçará o atraso de sua estreia pelo Vasco.

‘Ainda não sei como vai ser a questão do visto. Me falaram que o negócio será feito no meu retorno ao Rio de Janeiro. Não tem jeito, preciso esperar’, disse o atacante de 32 anos.

No treino de segunda-feira, em Atibaia, o atacante foi o grande destaque e arrancou aplausos dos companheiros de equipe. Tenório mostrou velocidade, força física e acabou marcando um belo gol de voleio.

‘Normalmente chuto com as duas pernas. Também vou bem no jogo aéreo e tenho força e potência no chute. Espero ajudar o time em toda a temporada’, acrescentou o equatoriano.

Contratado para suprir a saída de Élton, que assinou com o Corinthians, o atleta ganhará uma série de chances no time titular quando sua situação for regularizada. A intenção da comissão técnica é fazer do sul-americano o principal nome do setor ofensivo vascaíno, uma vez que Alecsandro não é unanimidade no clube e Éder Luís ainda se recupera de uma cirurgia no pé.