Clique e assine a partir de 9,90/mês

Brasileiro Rafinha marca e Bayern derrota o Villarreal fora de casa

Por Da Redação - 14 set 2011, 17h46

O Bayern de Munique não tomou conhecimento do Villarreal e venceu os espanhóis por 2 a 0, nesta quarta-feira, no estádio El Madrigal, pela primeira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Os bávaros dominaram praticamente toda a partida e contaram com um gol de Kroos, logo no começo do jogo, e outro do brasileiro Rafinha, para conquistarem a vitória que garantiu a ponta do Grupo A.

Os alemães nem deixaram o jogo começar direito e já abriu o placar contra os espanhóis. Aos seis minutos, o francês Ribery avançou pela esquerda, se livrou da marcação e tocou para o centro da área, onde achou o meia Kroos. O jogador não desperdiçou a chance e chutou com força no canto esquerdo de Diego López, inaugurando o placar.

Sentindo o gol no começo do jogo, o Villarreal deu espaços, e o alemão Muller quase marcou o segundo aos 13 minutos. O jogador subiu sozinho e cabeceou alto no primeiro pau, levando muito perigo à meta dos espanhóis.

Entretanto, os alemães diminuíram o ritmo na partida, e viram o brasileiro Nilmar levar perigo em duas boas chegadas ao ataque. Entretanto, quem quase empatou o jogo foi Rossi, que recebeu um bom passe dentro da área e quase marcou um belo gol para o Villarreal.

Continua após a publicidade

Apesar do susto, o Bayern logo retomou a superioridade no jogo, já que seus atacantes passavam com facilidade pelos defensores espanhóis. Mesmo com a facilidade de chegar à área, o time bávaro falhava na conclusão das jogadas, dando chance para que o Submarino Amarelo chegasse a assustar no fim da primeira etapa, com o lateral direito Mario Gaspar.

Do mesmo modo que começou a partida, o Bayern de Munique voltou do intervalo de forma alucinante. O atacante Petersen, que tinha acabado de entrar, chegou ao ataque com muito perigo em duas oportunidades, exigindo que o goleiro Diego López fizesse uma brilhante defesa em um lance, enquanto contou com a sorte para não tomar o segundo gol na outra chance criada pelo alemão.

Diego López continuava se consagrando na partida. Aos 15 minutos, o meia Schweinsteiger achou Petersen dentro da área, que chutou firme e exigiu do goleiro espanhol mais uma grande intervenção. Logo em seguida, Kroos disparou de frente para o gol, mas viu o goleiro do Villarreal evitar a movimentação do placar novamente.

Com o Bayern cadenciando o jogo, o Villarreal não conseguiu esboçar qualquer reação, e sofreu o golpe final aos 30 minutos de jogo. O brasileiro Rafinha trabalhou bem pela direita, tirou o zagueiro da jogada e surpreendeu o goleiro espanhol, aumentando a vantagem no placar e dando números finais à partida.

Publicidade