Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasileira fatura medalha histórica no Mundial de canoagem

Ana Sátila levou bronze na categoria C1 (canoa individual) e garantiu primeiro pódio para o Brasil em mundiais da categoria

A brasileira Ana Sátila conquistou nesta sexta-feira a medalha de bronze na modalidade C1 (canoa individual) no Mundial de Canoagem Slalom, que está sendo disputado em Pau, na França. A atleta mineira ficou atrás da britânica Mallory Franklin (ouro) e da checa Tereza Fiserova (prata). Esta foi a primeira medalha do Brasil em um Mundial de Canoagem Slalom.

“Estou muito feliz, sem palavras. É um feito inédito. Lutei tanto, vim batalhando tanto desde quando comecei com esse sonho de conquistar uma medalha no Mundial. É uma emoção muito grande. Estou feliz por toda a equipe, pelos atletas, por estarem me apoiando, torcendo ao meu lado. Esse espírito de equipe, o que eles fizeram por mim durante toda a competição, é inexplicável”, disse, após a prova.

Com apenas 21 anos, a atleta é o principal nome da delegação brasileira no Mundial e considerada um fenômeno na modalidade. Ele já tem duas edições dos Jogos Olímpicos no currículo (Londres-2012 e Rio-2016) e chegou a Pau, na França, embalada por bons resultados ao longo da temporada.

Ana Sátila foi campeã mundial júnior em 2014 e vice-campeã sub-23 em 2015. Em 2012, com apenas 16 anos, foi a atleta mais jovem da delegação brasileira nos Jogos de Londres-2012. No sábado, a atleta brigará por mais uma medalha. Ela disputará a semifinal do K1 (caiaque individual) e, se avançar, disputará a decisão no mesmo dia.

(Com Estadão Conteúdo)