Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Brasil vence México com gols de Ronaldinho e Marcelo

Por Ronaldo Schemidt 12 out 2011, 02h00

O Brasil derrotou o México de virada por 2 a 1 no amistoso realizado na noite desta terça-feira, no estádio Corona da cidade de Torreón, preparatório para a Copa do Mundo de 2014.

Os mexicanos abriram o placar com gol contra de David Luiz, aos 10 minutos, mas Ronaldinho, em cobrança de falta, aos 34 do segundo tempo, e Marcelo, em bela jogada individual quatro minutos depois, viraram o placar para o Brasil.

O primeiro tempo foi marcado pelos erros defensivos do Brasil, com um gol contra de David Luiz e a expulsão de Daniel Alves, que fez pênalti cobrado por Andrés Guardado e defendido por Jefferson.

O Brasil mostrou seu talento individual com as subidas de Hulk e as jogadas vistosas de Neymar, mas foi Ronaldinho Gaúcho, em cobrança de falta do lado direito, e Marcelo, que entrou como um trator pela área, que fizeram a diferença.

O México marcou seu gol com extrema facilidade, após Guardado entrar pelo lado esquerdo e cruzar para a direita, de onde Barrera tentou o centro e encontrou uma zaga perdida, onde David Luiz completou contra a própria meta.

O Brasil teve a chance de empatar aos 16 minutos, após uma troca de passes entre Hulk e Neymar, mas o jogador do Santos chutou sobre o gol de Sánchez.

Continua após a publicidade

O goleiro mexicano mostrou serviço aos 19 minutos, ao desviar para fora uma falta cobrada por Ronaldinho. Aos 29, Sanchéz deteve um tiro rasteiro de Hulk e aos 41, voltou a salvar o México em arremate de Neymar.

No final do primeiro tempo, o México teve a chance de ampliar quando Daniel Alves derrubou Javier Hernández na área, mas a cobrança de Guardado foi defendida por Jefferson, aos 44.

Na segunda etapa, Sánchez voltou a brilhar aos 19 minutos, ao desviar para fora cobrança de falta de Ronaldinho junto à trave.

Do outro lado, Jefferson apareceu para salvar o Brasil aos 29, quando ‘Chicharito’ completou de cabeça na cara do gol.

Com superioridade numérica e vantagem no placar, o time do técnico José Manuel de la Torre esqueceu quem é o Brasil e relaxou, encaixando a derrota em apenas cinco minutos. O gol de empate saiu de uma cobrança perfeita de Ronaldinho, que colocou a bola no ângulo superior direito de Sánchez, aos 34 minutos.

Logo em seguida, aos 38, Marcelo trocou passe com Neymar, entrou decidido pela área e disparou contra o gol de Sánchez, definindo o placar e salvando a seleção de Mano Menezes.

Continua após a publicidade

Publicidade