Clique e assine com 88% de desconto

Brasil garante recorde de medalhas; mas não cumpre meta

O país somou 19 medalhas e bateu o recorde de 17, estabelecido nos Jogos de Londres, em 2012

Por Da redação - Atualizado em 21 ago 2016, 17h36 - Publicado em 21 ago 2016, 11h13

As medalhas conquistadas no fim de semana (prata na canoagem, ouro no futebol e vôlei e bronze no taekwondo) na Rio-2016 garantem ao Brasil o recorde de medalhas em uma única edição das Olimpíadas, mas a meta do país de alcançar o top 10 no total de pódios dos Jogos em casa não foi atingida: o Brasil não conseguiu superar as 22 medalhas do décimo colocado, o Canadá.

Leia também
Vôlei e encerramento: a agenda de domingo na Rio-2016
Neymar diz que não quer mais ser capitão da seleção
Baixe grátis a edição digital de VEJA sobre o ouro no futebol

A delegação brasileira chegou a 19 medalhas na Rio-2016, batendo o recorde de 17 medalhas conquistadas em Londres-2012. Além disso, com sete medalhas de ouro, o Brasil bateu o recorde de Atenas, em 2004, quando levou cinco ouros.

Apesar do resultado recorde, no entanto, a meta estabelecida antes dos Jogos pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) de terminar a Rio-2016 entre os 10 melhores países pelo total de medalhas não será atingida. Isso porque o Canadá, atualmente o 10º país com mais medalhas no Rio, já soma 22 pódios. Para chegar à décima posição, o Brasil, atualmente 12º no total de medalhas, teria de  ter obtido pódios absolutamente inesperados.

(Com agência Reuters)

Publicidade