Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Brasil apela a ‘freguês’ para buscar reabilitação e abafar pressão

Por Da Redação 4 set 2011, 20h21

A Seleção Brasileira necessita de uma vitória para diminuir as cobranças e trazer um período de tranquilidade ao técnico Mano Menezes. Por isso, nada melhor do que enfrentar um rival que nunca proporcionou grande trabalho na história do confronto: Gana, adversário desta segunda-feira, às 15h45 (de Brasília), em Londres, perdeu todos os jogos contra os pentacampeões mundiais.

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol ) registra três encontros entre as seleções. Em março de 1996, o Brasil venceu por um placar incomum: 8 a 2. O segundo confronto ocorreu na Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, com triunfo canarinho por 3 a 0. Por fim, um amistoso em 2007: 1 a 0 para os brasileiros.

Ainda assim, a ordem entre os brasileiros é manter a cautela, já que Gana conta com jogadores com experiência no futebol europeu. ‘Eles têm feito um excelente trabalho, estão com motivação extra. Tenho certeza de que teremos uma grande preparação para obter um ótimo resultado’, confia o lateral direito Daniel Alves.

Em Londres, o técnico Mano Menezes será obrigado a testar uma nova forma de jogar, principalmente pela ausência de Robinho, cortado por contusão. Destaque do Campeonato Brasileiro com a camisa do Flamengo, Ronaldinho Gaúcho é um dos favoritos a entrar no time titular.’Quando se modifica uma peça sempre há um desenho tático diferente do time, mas precisamos esperar a definição do Mano Menezes sobre a escalação’, comenta o volante Lucas Leiva, que está de volta à Seleção Brasileira após cumprir suspensão na derrota contra a Alemanha.

Na lateral esquerda, há uma grande expectativa pela volta de Marcelo, do Real Madrid, que vinha afastado depois de um entrevero com Mano Menezes. Motivado, ele quer enterrar qualquer tipo de polêmica na Seleção Brasileira. ‘Estou com vontade de ajudar, com vontade de acabar essa coisa de que não quero voltar para a Seleção. Minha ideia é me firmar’, confirma.

Ao Brasil, outro fato que pode ajudar em busca da reabilitação é o fato de Gana ter priorizar neste final de semana o jogo contra Suazilândia, pelas Eliminatórias da Copa das Nações Africanas – vitória ganesa por 2 a 0. Para enfrentar os comandados de Mano Menezes, o técnico Goran Stevanovic não poderá contar com o zagueiro John Mensah e o atacante Asamoah Gyan.

Embora reforce que o compromisso continental era mais importante que o amistoso, o técnico de Gana quer colocar uma mentalidade vencedora em seus jogadores. ‘Espero ganhar [do Brasil], sempre disse que queremos vencer qualquer jogo, contra a Suazilândia ou o Brasil. A mentalidade que quero dar aos meus jogadores é de vencer sempre’, falou, sincero. ‘A partida contra o Brasil será um pouco diferente por ser um amistoso. O jogo mais importante foi contra a Suazilândia, que vencemos. Já estamos satisfeitos.’

FICHA TÉCNICA

Continua após a publicidade

BRASIL x GANA

Local: Estádio Craven Cottage, em Londres (Inglaterra)

Data: 05 de setembro de 2011, segunda-feira

Horário: 15h45 (de Brasília)

Árbitro: não divulgado

BRASIL: Julio Cesar; Daniel Alves, Lúcio, Thiago Silva e Marcelo; Lucas Leiva, Fernandinho e Ganso; Neymar, Leandro Damião e Ronaldinho Gaúcho

Técnico: Mano Menezes

GANA: Kwarasey; Pantsil, Opare, Mensah e Vorsah; Badu, Adiyiah, Boateng e Muntari; Ayew e Tagoe

Técnico: Goran Stevanovic

Continua após a publicidade
Publicidade