Clique e assine a partir de 8,90/mês

Bragantino empata com a Ponte e fica longe do acesso

Por Da Redação - 18 out 2011, 21h54

Por AE

Bragança Paulista (SP) – O Bragantino vai dando adeus à briga pelo acesso. Nesta terça-feira, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, ficou no empate com a Ponte Preta, por 1 a 1, e se distanciou ainda mais do G-4 – agora cinco pontos para o Americana, o atual quarto colocado. Por sua vez, a equipe de Campinas deu mais um passo. Chegou aos 54 pontos, na vice-liderança isolada. O nome da partida foi o goleiro Gilvan, que salvou os mandantes na noite que completava 200 jogos pelo clube.

O jogo começou equilibrado com os dois times se alternando no campo de ataque. Mas, aos 29 minutos, o Bragantino abriu o placar. Após cruzamento na área, Lincom tentou uma vez, em cima da linha Ferrón afastou e, no rebote, ele chutou de novo para abrir o placar. A Ponte Preta melhorou e aos 34 teve uma boa chance. Após cruzamento de Caio, Renato Cajá bateu de primeira da entrada da área e o chute saiu tirando tinta da trave.

A Ponte Preta voltou melhor para o segundo tempo e logo aos nove minutos empatou. Ricardo Jesus lançou para Renato Cajá, que bateu cruzado, sem chances para Gilvan. A equipe de Campinas continuou dominando e criava as melhores chances, merecendo a virada. Aos 29, Ricardinho bateu de fora da área e acertou o travessão do goleiro.

O Bragantino pouco criou e foi pressionado até o fim. Aos 41 minutos, após cruzamento na área, Ricardinho testou no travessão de Gilvan, no rebote João Paulo Silva fez o gol, mas o assistente anulou o lance, alegando posição irregular do meia da Ponte Preta.

Na próxima sexta-feira, pela 32.ª rodada, o Bragantino volta ao gramado contra o Boa, às 20h30, em Varginha (MG). No mesmo dia e horário, a Ponte Preta enfrenta o Paraná, em Campinas.

Ficha técnica

Bragantino 1 x 1 Ponte Preta

Continua após a publicidade

Bragantino – Gilvan; Luis Carlos (Luis), André Astorga e Júnior Lopes; Diego Macedo, Felipe, Esley (Diego), Marcinho e Léo Jaime; Romarinho (Deivid Saconny) e Lincom. Técnico: Marcelo Veiga.

Ponte Preta – Júlio César; Patric, Wescley (Wellington), Ferrón e João Paulo; Guilherme, João, Caio (Renatinho) e Renato Cajá (Gerson); Ricardinho e Ricardo Jesus. Técnico: Gilson Kleina.

Gols – Lincom, aos 29 minutos do primeiro tempo; Renato Cajá, aos 9 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Marcinho, Esley e Diego Macedo (Bragantino); Ferrón, Caio e Ricardinho (Ponte Preta).

Árbitro – Guilherme Ceretta de Lima (SP).

Renda – R$ 37.530,00.

Público – 4.429 pagantes.

Local – Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Continua após a publicidade
Publicidade