Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Botafogo luta contra instabilidade para bater Cruzeiro

Por Sílvio Barsetti

Rio – A instabilidade emocional em horas decisivas é um dos principais adversários do Botafogo, que enfrenta neste sábado o Cruzeiro, às 18 horas, no Engenhão, pela 32.ª rodada, com o objetivo de não ficar muito distante de Vasco e Corinthians, os dois primeiros colocados do Campeonato Brasileiro. O time ocupa a terceira posição, com 52 pontos, e vem de três derrotas seguidas – duas pela competição nacional e uma pela Copa Sul-Americana – e não pode tropeçar se quiser manter a esperança de ainda brigar pelo título.

O técnico Caio Júnior sabe que uma nova derrota pode custar mais que uma despedida antecipada do Botafogo à pretensão de conquistar o Brasileirão. Ele mesmo ficaria em situação muito difícil no comando da equipe.

Sem o volante Marcelo Mattos, suspenso, Caio Júnior vai recorrer ao volante Lucas Zen para preencher o meio de campo. O jogador esteve com a seleção na fracassada campanha do Pan de Guadalajara e vai ganhar uma oportunidade também como um incentivo do treinador para que dê a volta por cima. “Acredito que ele possa apagar a impressão deixada com a eliminação da seleção no Pan”, disse o treinador.

O técnico alertou o time sobre as dificuldades de jogar com uma equipe sob risco de rebaixamento. “O Cruzeiro precisa fazer um resultado, está ameaçado na parte de baixo da tabela. Isso torna a partida mais perigosa ainda”. O lateral-direito Lucas, expulso, dá a vez a Alessandro.