Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bons resultados no Carioca animam vascaínos para estreia na Libertadores

O Vasco estreia na Copa Libertadores nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), enfrentando o Nacional, do Uruguai, em São Januário. A competição é considerada a grande prioridade do Cruz-maltino em 2012 e os jogadores, assim como o técnico Cristóvão Borges, estão ansiosos por esse primeiro compromisso. Para o elenco, o desempenho no torneio continental será bom principalmente porque o time conseguiu arrancar bem na Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca.

Até o momento, o Vasco disputou quatro jogos na Taça Guanabara e ganhou todos, tendo 100% de aproveitamento. Líder isolado do Grupo B, com 12 pontos, o Cruz-maltino está praticamente classificado para as semifinais. Assim, é possível deixar de lado o Estadual por um momento e se concentrar apenas no confronto diante do Nacional, já que largar com vitória é visto como fundamental por todos em São Januário.

‘Claro que a gente está pensando muito neste confronto diante do Nacional, pois a torcida sempre pede para que a gente faça o possível para conquistar o título da Copa Libertadores e trata-se de um torneio muito complicado, que vai nos exigir muito. Largar bem no Campeonato Carioca nos dá muita tranquilidade para a Copa Libertadores, pois o nosso pensamento é tentar conquistar todos os títulos’, disse o zagueiro Dedé.

O técnico do Vasco, por sua vez, reconhece que é difícil controlar a ansiedade perto da estreia na competição. ‘Claro que a gente está vivendo essa Libertadores há muito tempo. Para falar a verdade, desde o ano passado, quando conquistamos o título da Copa do Brasil que estamos pensando na estreia na Libertadores. Conquistar essas vitórias no Carioca foi muito importante, pois além de nos dar tranquilidade, mostrou que estamos nos preparando bem’, disse Cristóvão.

Para a estreia na Copa Libertadores, o time do Vasco só será definido nesta terça-feira, no último treino antes do confronto. Cristóvão Borges não poderá contar com lateral direito Fagner, que cumpre suspensão ainda por conta da expulsão contra a Universidad de Chile, pelas semifinais da Copa Sul-Americana do ano passado.

A tendência é que o meia Allan seja improvisado no setor. O goleiro Fernando Prass, que ainda se recupera de um corte no joelho esquerdo, é dúvida. Ele será reavaliado, mas tem poucas chances de atuar. Assim, Alessandro deverá continuar com a camisa 1.

Ainda sentindo dores no joanete, Dedé vem sendo preservado dos treinos desde a semana passada, mas também não será problema para o duelo diante dos uruguaios. O próprio jogador garantiu escalação.

Os atletas que continuam afastados por problemas médicos são o volante Rômulo, que se recupera de um edema ósseo no pé direito, e o atacante Eder Luis, que vem se recuperando de cirurgia no pé esquerdo. Por se tratar de um jogo de Libertadores, haverá concentração antes do duelo diante dos uruguaios.