Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Bianchi é desclassificado e perde título do Desafio das Estrelas

Por Da Redação 4 dez 2011, 12h38

O francês Jules Bianchi venceu mais uma prova no Desafio das Estrelas, neste domingo, e ficou com o título da competição, no entanto, depois de já ter comemorado, o piloto foi desclassificado pela organização do evento, na cidade de Florianópolis (SC). Com a decisão, Jaime Alguersuari, que terminou corrida em segundo, foi declarado campeão da tradicional disputa de kart.

Segundo os responsáveis pela corrida, Bianchi corria abaixo do peso permito pela prova. Na primeira disputa o francês já havia queimado a largada, causando um mal estar entre os competidores, o que não o impediu de vencer. Melhor para o espanhol Alguersuari que herdou a taça. O piloto titular da Toro Rosso já havia conquistado a segunda posição na prova do último sábado e repetiu o feito neste domingo, ele apenas não contava com a eliminação do companheiro.

Durante a corrida, Alguersuari e o brasileiro Lucas Di Grassi foram protagonistas de uma grande disputa, mas o representante do Brasil cometeu um erro no final da prova, que o afastou do segundo colocado e ainda deixou que o kart pilotado por Rubens Barrichello se aproximasse. O brasileiro veterano na Fórmula 1 foi o quarto, depois da desclassificação, que rendeu uma posição a mais para cada competidor. Em seguida, chegaram mais pilotos da casa, Nelsinho Piquet e Felipe Massa.

Como é comum em corridas de kart os pilotos trocaram muito de posição durante a prova. A largada foi dada e o primeiro a assumir a ponta foi Di Grassi, seguido de perto por Pizzonia, D’Ambrosio, Barrichello e Felipe Massa. Porém, não demorou para Bianchi chegar a primeira colocação e deixar os companheiros para trás com relativa vantagem.

Allan Khodair foi o primeiro a abandonar a prova, mas não foi o único. No total, foram oito pilotos que deixaram a competição, sete deles brasileiros. Popó Bueno, Max Wilson, Tony Kanaan, Christian Fittipaldi, Tuca Rocha, Xandinho Nagão e o alemão Adrian Sutil foram os que abandonaram.

O dia ensolarado na capital de Santa Catarina colaborou com os pilotos, que haviam enfrentado dificuldades na prova de sábado devido à chuva e a exigência de trocas de pneus.

Continua após a publicidade
Publicidade