Clique e assine com 88% de desconto

Bernardinho exalta atuação do Brasil contra a Polônia

Por Da Redação - 10 jun 2012, 14h13

Por AE

São Bernardo – Sempre muito exigente com a seleção brasileira masculina de vôlei, o técnico Bernardinho exaltou a atuação dos seus comandados na vitória por 3 sets a 1 sobre a Polônia, neste domingo, em São Bernardo, que garantiu ao Brasil a primeira colocação do Grupo B da Liga Mundial. O treinador destacou a evolução exibida pelo time nacional, que anteriormente foi derrotado por duas vezes pelos poloneses nas fases anteriores da competição.

“Conseguimos jogar um pouco melhor e anular algumas situações. O (Andrea) Anastasi (técnico da Polônia) fez algumas mudanças que complicaram a nossa vida, já que vínhamos nos preparando para jogar contra a equipe básica deles. Taticamente, o time jogou corretamente, o Murilo fez uma partida ainda melhor, o Thiago Alves se confirmou como uma opção importante. De uma forma geral, foi uma boa apresentação e conseguimos a vitória, que era muito importante”, ressaltou Bernardinho.

Em seguida, o treinador destacou o equilíbrio que marcou os três primeiros duelos entre brasileiros e poloneses nesta Liga Mundial. O rival europeu levou a melhor por 3 sets a 2 nos dois jogos anteriores, e agora vendeu caro essa derrota por 3 a 1. O próximo duelo entre os dois times será no próximo domingo, em Tampere, na Finlândia, palco da quarta etapa da competição.

Publicidade

“Os confrontos contra os poloneses têm sido batalhas muito duras, em um momento de crescimento da equipe (brasileira). Foi uma bela partida, com uma tensão natural, já que não queríamos perder a chance da classificação em casa. Estamos vivos ainda”, completou o comandante.

Após a vitória, o levantador Bruno afirmou que o papel dos torcedores foi fundamental para a seleção, apoiada por cerca de 5.700 pessoas no Ginásio Adib Moyses Dib neste domingo. “A nossa torcida nos ajudou muito, não deixou de nos apoiar e, com certeza, ajudou a impor o respeito necessário para eles perceberem que, aqui, é difícil ganhar do Brasil. Estão todos de parabéns”, enfatizou.

Já o ponteiro Thiago Alves, que fez 13 pontos diante da Polônia neste domingo, disse que o Brasil precisa seguir em evolução na Liga Mundial, após três triunfos seguidos no País e um início instável na competição. “Temos consciência que no primeiro final de semana, no Canadá, não jogamos tão bem. Crescemos, ganhamos entrosamento e o objetivo é que na próxima etapa, na Finlândia, a equipe esteja ainda melhor”, disse.

O líbero Serginho, por sua vez, foi outro que destacou o papel da torcida em São Bernardo e minimizou o clima de rivalidade que se criou após as duas derrotas seguidas para os poloneses. “Temos que pensar no campeonato e não especificamente na Polônia. Tínhamos o objetivo de buscar os nove pontos em casa e conseguimos. Sabemos que eles são adversários de respeito, um time que fala muito, mas nós também brigamos por cada ponto. A disputa é na bola, dentro da quadra, e tivemos o apoio maravilhoso da torcida. Nós, brasileiros, fizemos a nossa parte”, afirmou.

Publicidade