Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bayern adverte Breno após reclamação no Twitter

Por AE-AP

Munique – O Bayern de Munique advertiu o zagueiro Breno de forma oficial, nesta terça-feira, um dia depois de o jogador brasileiro manifestar, por meio do seu perfil no Twitter, insatisfação com a sua situação atual no clube alemão. O atleta admitiu que não concordava com o fato de ter sido obrigado a treinar com os jogadores reservas, enquanto o time disputou um amistoso em sua pré-temporada.

Insatisfeito com a postura de Breno, o presidente do conselho diretivo do Bayern de Munique, Karl-Heinz Rummenigge, disse que o jogador deveria “parar de ‘twittar’ e se concentrar no futebol”. O dirigente também afirmou que o brasileiro tem treinado bem e poderá voltar logo a integrar o elenco principal do clube, mas que para isso “nada mais” de errado deveria acontecer com o defensor.

Com problemas pessoais, Breno voltou a atuar pelo Bayern em novembro, depois de ficar sete meses afastado dos gramados. O jogador foi preso em setembro, acusado de incendiar a sua própria casa. Na época, ele estava sem atuar desde abril, quando participou de uma goleada por 5 a 1 sobre o Bayer Leverkusen. Depois disso, sofreu uma lesão no joelho e passou por uma cirurgia no tornozelo, perdendo o fim da temporada passada do futebol europeu.

Preso, o brasileiro preciso pagar uma fiança, cujo valor não foi divulgado, mas continua sendo investigado na Alemanha. No Bayern desde 2008, ele responde a processo em liberdade e o seu advogado chegou a admitir que o defensor precisava ser submetido a um tratamento psicológico, após sofrer por causa de problemas pessoais.

Ao explicar a situação de Breno no clube, Rummenigge fez uma analogia com um tipo de punição que os jogadores recebem dentro de campo durante os jogos, que os coloca em maior risco de serem expulsos posteriormente. “Isso (a advertência) foi um cartão amarelo. Espero que não aconteça mais nada parecido. Vamos continuar a apoiá-lo aqui”, enfatizou o dirigente.