Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Barça, grande rival do Santos no Mundial de clubes

O Barcelona será o maior rival do Santos no Mundial de clubes, que começa nesta quinta-feira no Japão e no qual as duas equipes poderão se enfrentar na final, no dia 18 de dezembro.

O time catalão tentará levantar seu quinto troféu da temporada, após ter conquistado a Liga dos Campeões, o Campeonato Espanhol e as Supercopas da Europa e da Espanha.

O único título que deixou escapar foi a Copa do Rei, na qual foi derrotado pelo arquirrival Real Madrid por 1 a 0 após prorrogação, com um gol de cabeça de Cristiano Ronaldo.

Por mais que o Mundial de Clubes não seja uma competição tradicionalmente muito prestigiada pelos times europeus, o técnico Josep Guardiola já afirmou que está muito motivado para disputar o torneio.

“Queremos ganhar o ‘mundialito’, é o nosso objetivo número 1 neste momento”, declarou o treinador um mês antes do torneio.

O Barça já faturou um título na competição, em 2009, quando derrotou o Estudiantes, da Argentina, por 2 a 1, com o gol decisivo marcado pelo craque argentino Lionel Messi na prorrogação.

A perspectiva de enfrentar o Santos na decisão não deve trazer boas lembranças para o time azul-grená’, que tem um péssimo retrospecto contra times brasileiros.

Em 1992, fez a alegria da torcida do São Paulo, que o derrotou por 2 a 1 em Tóquio, e em 2006 perdeu por 1 a 0 para o Internacional.

O possível duelo entre Santos e Barça também seria a oportunidade de ver frente a frente os dois maiores craques sul-americanos da atualidade, Messi e Neymar.

O rei Pelé, grande protagonista bicampeonato do Peixe na Copa Intercontinental em 1962 e 1963, acredita nas chances do seu time coração conquistar o tri.

“Se não houver nenhum desastre, o Santos e o Barcelona vão se enfrentar na final. Tenho certeza que, por se tratar de uma partida só, será mais difícil para o Barça do que para o Santos”, afirmou o lendário camisa 10.

Este ano, o Barça não terá muito tempo para se preparar para o torneio, já que neste sábado enfrenta o Real Madrid para o primeiro clássico da temporada no Campeonato Espanhol, que o time da capital lidera com três pontos de vantagem sobre os catalães.

Logo depois desta partida no estádio Santiago Bernabeu, os comandados de Guardiola viajarão para Yokohama, onde farão sua estreia na quinta-feira, dia 15 de dezembro, contra o vencedor do duelo entre o campeão africano (Espérance de Tunes, Tunísia) ou asiático (Al Saad, do Qatar).

Além de Messi, Guardiola levará para o Japão vários craques, como os meias espanhóis Xavi e Iniesta.

Nesta temporada, ele ainda conta com os reforços do chileno Alexis Sanchez, ex-Udinese, e de Cesc Fábregas, ex-Arsenal, de volta ao clube após ter passado pelas categorias do time catalão.

Entre os 23 jogadores do Barcelona convocados para a competição, cinco são brasileiros: Daniel Alves, Adriano Maxwell, Thiago Alcântara (naturalizado espanhol) e Jonathan dos Santos (naturalizado mexicano).