Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atlético-MG e Democrata-GV fazem o duelo dos apostos no Mineiro

O torcedor que comparecer na Arena do Jacaré, neste sábado, às 16 horas (de Brasília), terá a oportunidade de acompanhar o duelo dos opostos no Campeonato Mineiro: o líder Atlético-MG contra o lanterna Democrata-GV. Um triunfo garante o Galo na semifinal do Estadual, e um revés praticamente rebaixa a Pantera, que somou apenas um ponto na competição.

Mesmo com vinte pontos de diferença na tabela de classificação, os jogadores do Atlético-MG pregam respeito ao adversário. O volante Pierre lembra que o time de Governador Valadares tem tradição no futebol mineiro e que vai jogar a permanência na elite neste jogo, por isso, o atleta quer ver a equipe impondo o ritmo desde o início da partida.

‘Sabemos que vamos encontrar dificuldades sempre, independentemente da situação da tabela. Sabemos que o Democrata-GV é um clube tradicional. Com uma derrota, eles podem ser rebaixados, então estamos nos preparando para guerra. Dentro de casa, temos que impor nosso ritmo para manter esse bom ambiente’, declarou Pierre, que ainda alerta o time sobre um possível relaxamento.

‘O Cuca tem nos alertado durante a semana. A equipe não pode, apesar da liderança, entrar num relaxamento. Está todo mundo com a antena ligada, focado. Queremos manter esse bom ambiente. Sabemos que com um tropeço, as coisas podem se complicar. Vamos encarar esse jogo como uma final’, disse.Para o confronto, o técnico Cuca continua sem poder contar com o zagueiro Leonardo Silva e com o armador Bernard, que se recuperam de lesão. Outro desfalque é o argentino Escudero, que recebeu o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão. O treinador atleticano já sinalizou que Wesley merece uma chance e será titular contra a Pantera. Outra alteração de ordem tática é a saída de Richarlyson para a entrada de Triguinho.

No Democrata-GV a fase é terrível e o clima de crise já se instalou no clube. A alternativa de trocar o treinador para dar uma injeção de ânimo foi usada com a saída de Márcio Maximo e a entrada de José Maria Pena, que é um velho conhecido da torcida, com passagens vitoriosas pelo Mamudão, mas que agora tem uma missão quase impossível.

Em sete jogos, a Pantera perdeu seis e empatou um, tendo um saldo de gols negativo em 17 tentos. O América-TO, com quatro pontos, e o Uberaba, com cinco, são os adversários mais próximos na tabela e só um triunfo interessa ao time de Valadares, sob pena de apenas cumprir tabela nas últimas rodadas.

José Maria Pena destaca as dificuldades que a equipe terá, mas segue acreditando que é possível livrar a equipe da degola. ‘No ano passado conseguimos salvar a equipe, agora a situação é complicada mais uma vez, mas temos que acreditar até o final. Vamos enfrentar o Atlético-MG e buscar a vitória é só o que interesse neste momento’, disse.

Outros jogos: A rodada do Campeonato Mineiro terá ainda o confronto entre Tupi e Guarani, neste sábado, em Juiz de Fora. No domingo, Cruzeiro e América-MG fazem o clássico do final de semana, na Arena do Jacaré e a Caldense recebe o América-TO, em Poços de Caldas. Na segunda-feira, Nacional e Uberaba medem forças em Nova Serrana, fechando a rodada.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG X DEMOCRATA-GV

Local: Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)

Data: 24 de março de 2012 (Sábado)

Horário: 16 horas (horário de Brasília)

Árbitro: Átila Carneiro Magalhães (Especial FMF)

Assistentes: Marconi Helbert Vieira (CBF/FMF) e Pedro Araújo Dias Cotta (CBF/FMF)

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Marcos Rocha, Réver, Rafael Marques e Triguinho; Pierre, Leandro Donizete, Wesley e Mancini; Guilherme e André

Técnico: Cuca

DEMOCRATA-GV: Alex, Juninho, Carlão, Rancharia e Paulo Lucas; Elivélton, Elton, Adriano, e Leandro Bocão; Luis Oyarbide e Flávio Lopes

Técnico: José Maria Pena