Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Artilheiro, Araújo marca e Náutico vence o Atlético-GO

Por AE

Goiânia – Atlético-GO e Náutico entraram em campo neste sábado à noite, no Serra Dourada, com as duas piores defesas do Brasileirão. Quem esperava, por isso, uma chuva de gols, viu poucas jogadas de perigo e apenas um gol. Araújo marcou e o Náutico venceu por 1 a 0, pela oitava rodada da competição.

A derrota é a sexta seguida do Atlético-GO, que nunca havia tido sequência tão ruim em campeonatos brasileiros. Não à toa, o time goiano é o lanterna, com dois pontos. O Náutico, recuperado após duas derrotas, subiu para o décimo lugar, com dez pontos.

Único destaque do jogo foi Araújo, autor do gol da vitória do Náutico e mais uma vez artilheiro do Brasileirão, com cinco gols, mesmo número de Alecsandro, do Vasco.

O JOGO – No primeiro tempo, só deu Araújo. O Atlético-GO, mesmo precisando de sua primeira vitória na competição, pouco perigo levava ao gol do goleiro Felipe. O Náutico também não apresentava muita criatividade e dependia bastante do seu centroavante.

Logo no primeiro lance de perigo com Araújo saiu o gol. Lúcio, outro veterano, cruzou da esquerda e o baixinho apareceu livre, na linha da pequena área, para cabecear sem chances de defesa para Felipe.

Até o final do primeiro tempo, o ex-jogador do Fluminense teve outras duas boas chances. Numa, ele roubou a bola de Pituca, invadiu a área e bateu forte, por cima. Em outra, já aos 44 minutos, recebeu de Rhayner, cortou bonito dois marcadores e tentou tirar do goleiro, mas Márcio salvou o Atlético-GO.

Ainda que fosse o time da casa o mais interessado em atacar, foi o Náutico que mais uma vez jogou melhor no segundo tempo. E só não ampliou porque, aos 9 minutos, Rhayner perdeu boa chance ao chutar cruzado, por cima do gol.

Depois disso os jogadores angustiaram os poucos torcedores que se prestaram a ir, sábado a noite, ao Serra Dourada, para ver um confronto que não acontecia há 25 anos no Brasileirão. O apito final parecia demorar uma eternidade.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-GO 0 X 1 NÁUTICO

ATLÉTICO-GO – Márcio; Gustavo (Patrik), Gabriel e Paulo Henrique (Ronie) e Eron; Pituca, Joilson, Marino e Bida; Wesley (Danilinho) e Felipe. Técnico – Hélio dos Anjos.

NÁUTICO – Felipe; Ronaldo Alves (Alremir), Jean Rolt e Márcio Rosário; Alessandro, Elicarlos, Martinez, Souza (Breitner) e Lúcio; Rhayner (Cleverson) e Araújo. Técnico – Alexandre Gallo.

GOLS – Araújo, aos 22 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Ricardo Marques Ribeiro (MG).

CARTÃO AMARELO – Felipe (Náutico), Gabriel (Atlético-GO).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Serra Dourada, em Goiânia.