Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após tropeço diante do Valencia, Real encara clássico com o Atlético de Madri

Madri, 9 abr (EFE).- Sem muito tempo para lamentar o empate em 0 a 0 com o Valencia, que diminuiu a vantagem para o Barcelona para quatro pontos, o Real Madrid, ainda líder do Campeonato Espanhol, terá uma dura missão na busca pela reabilitação: enfrentar o rival Atlético de Madri no clássico marcado para o estádio Vicente Calderón.

O time do técnico José Mourinho chegou a 79 pontos, contra 75 do vice-líder Barça, que no sábado não teve dificuldades para derrotar o Zaragoza, antepenúltimo colocado, por 4 a 1.

Mais uma vez, o Real entrará em campo sabendo o resultado do jogo do time catalão, que caso vença o Getafe nesta terça-feira no Camp Nou diminuirá a diferença para apenas um ponto.

Além da ‘gordurinha’ no topo da tabela, um bom resultado representaria a manutenção de um tabu. Desde 1999, o time merengue não sabe o que é ser derrotado pelo rival madrilenho.

No Atlético, além de deixar para trás o incômodo jejum, uma vitória ajudaria o time a se reaproximar da zona de classificação para as competições europeias.

Atualmente, a equipe dos brasileiros Miranda, Filipe Luis, Paulo Assunção e Diego ocupa a nona posição, com 42 pontos, um a menos que o Osasuna, sexto colocado, e seis a menos que o Levante, que ficaria com a última vaga para a Liga dos Campeões caso o campeonato terminasse hoje.

O Barcelona já jogou a toalha, pelo menos de acordo com o técnico Josep Guardiola, que até hoje diz que o time deve se focar na Liga dos Campeões porque o título espanhol, que seria o quarto seguido, não virá.

‘Repito, é quase impossível que a gente vença o Campeonato Espanhol’, declarou o treinador nesta segunda-feira.

No entanto, os tropeços recentes do primeiro colocado renovaram a esperança de Lionel Messi e companhia. Na tentativa de bater o Getafe e encostar no Real, o Barça tem duas dúvidas no sistema defensivo.

O lateral Daniel Alves sofreu um estiramento no músculo femoral da coxa esquerda contra o Zaragoza e será submetido a um teste horas antes da partida, enquanto o zagueiro Gerard Piqué ainda se recupera de uma sobrecarga muscular na coxa esquerda.

O Getafe tem 42 pontos e vive situação parecida com a do Atlético de Madri, sonhando ainda com a participação em um dos torneios continentais na próxima temporada.

Terceiro colocado, com 49 pontos, o Valencia não vence há quatro partidas e terá que derrotar o Rayo Vallecano na quarta-feira, novamente jogando no Mestalla, para não correr riscos de perder o lugar entre os quatro primeiros.

Já o Villarreal, equipe do volante Marcos Senna e do atacante Nilmar e que está a quatro pontos de entrar na zona de rebaixamento, receberá na quinta-feira o Málaga, um dos que sonham em tirar o Valencia da zona de classificação para a ‘Champions’.

Programação da 33ª rodada:.

Terça-feira.

Osasuna – Espanyol.

Real Sociedad – Betis.

Barcelona – Getafe.

Quarta-feira.

Granada – Athletic Bilbao.

Sporting Gijón – Levante.

Valencia – Rayo Vallecano.

Atlético de Madri – Real Madrid.

Quinta-feira.

Villarreal – Málaga.

Racing Santander – Mallorca.

Sevilla – Zaragoza. EFE